12 fatos sobre a Copa do Mundo que farão você começar a assistir agora


A Copa do Mundo é o evento esportivo mais visto do mundo e acontece a cada quatro anos para determinar o melhor time de futebol do planeta. 

Durante o período de um mês, 32 seleções competem em 64 partidas para conquistar esse título. Essa competição é realizada pela FIFA, e sua 21ª edição está acontecendo na Rússia, de 14 de junho a 15 de julho de 2018.

Para que você fique ainda mais animado com essa competição, veja 12 fatos interessantes que te farão começar a torcer agora.

1. Como tudo começou: a história da copa do mundo

Primeira copa do mundo
Primeira Copa do Mundo foi sediada no Uruguai

A Copa do Mundo da FIFA foi realizada pela primeira vez em 1930, quando o presidente da FIFA, Jules Rimet, decidiu realizar um torneio internacional de futebol. A edição inaugural foi realizada em 1930 no Uruguai, e foi disputada por apenas treze equipes convidadas pela organização. O próprio Uruguai foi o país campeão.

Desde então, a Copa do Mundo passou por muitas mudanças, até que chegou em seu formato atual com 32 equipes. Além disso, há um processo de qualificação que dura dois anos, envolvendo mais de 200 equipes de todo o mundo.

A Copa do Mundo vem sendo realizada a cada quatro anos desde sua primeira edição, exceto durante a Segunda Guerra Mundial.

2. A taça do mundo é nossa!

Djalma Santos e Bellini
Djalma Santos e o capitão do time brasileiro de 1958, Bellini

O troféu concedido ao campeão entre 1930 a 1970 foi a Taça Jules Rimet, batizada em homenagem ao francês que propôs o torneio. Ela foi concedida permanentemente ao Brasil em 1970, quando ele se tornou tricampeão, e um novo troféu chamado Copa do Mundo FIFA passou a ser disputado.

Uma curiosidade é que a taça da Copa do Mundo desapareceu por 7 dias em 1966, quando foi roubada pouco antes do torneio.

3. Quase 50% de todas as pessoas do mundo assistem à Copa

Pessoas assistindo a copa

Quase 3,2 bilhões de pessoas em todo o mundo, cerca de 46% da população mundial, assistiram a pelo menos uma parte da Copa do Mundo de 2014. Segundo a FIFA, isso o torna “o evento esportivo mais visto do mundo”.

Além disso, estima-se que 1,013 bilhão de pessoas viram pelo menos um minuto da final da última Copa do Mundo.

4. Há um prêmio de 40 milhões de dólares para o vencedor

Além do título de melhor do mundo, o vencedor da Copa recebe da FIFA um valor 40 milhões de dólares! Além disso, cada equipe que participa leva para casa um cheque de vários milhões de dólares. Na verdade, apenas competir garante à sua equipe 8 milhões de dólares.

Os generosos desembolsos da FIFA fazem um pouco mais de sentido quando você considera o quanto eles arrecadam. Na Copa do Mundo de 2014, eles faturaram cerca de 16 bilhões. Nada mal para um torneio de um mês!

Além dessa premiação, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou a premiação de 1 milhão de dólares para cada jogador do time do Brasil, caso a equipe garanta o hexa.

5. Os estádios ficam a quilômetros e quilômetros de distância

Distância estádios

Ao contrário do que pode parecer, e diferente de outros eventos globais como os Jogos Olímpicos, os estádios da Copa do Mundo costumam ficar espalhados por todo o país anfitrião.

Como exemplo, os doze estádios da Copa do Mundo de 2014 foram espalhados por até 3 213 km de distância. As equipes levavam até cinco horas e meia para se locomover de Porto Alegre à Fortaleza.

Já a distância entre a cidade anfitriã mais oriental (Ekaterinburg) e a cidade anfitriã mais ocidental (Kaliningrado) na Copa do Mundo de 2018 é de mais de 2 414,016 quilômetros. Para comparação, é a mesma distância entre Moscou à Londres, na Inglaterra.

6. A Copa do Mundo de 2018 na Rússia será a mais cara já realizada até hoje

Copa do Mundo na Rússia
Copa da Rússia irá custar 683 bilhões de rublos

Estima-se que a Rússia gastou mais de 38 bilhões de reais para sediar a Copa do Mundo, ou seja, 683 bilhões de rublos. Esse valor conseguiu superar em cerca de R$ 5 bilhões os gastos realizados na última Copa, sediada no Brasil.

Comparando com os gastos dos outros anos, as Copas do Mundo do Brasil e da Rússia superam o valor de todas as outras copas já realizadas juntas, que somam pouco mais de 15 bilhões de dólares.

  • 1994 (EUA) - 30 milhões de dólares;
  • 1998 (França) - 340 milhões de dólares;
  • 2002 (Japão / Coreia do Sul) - 5 bilhões de dólares;
  • 2006 (Alemanha) - 6 bilhões de dólares;
  • 2010 (África do Sul) - 4 bilhões de dólares;
  • 2014 (Brasil) - 10,1 bilhões de dólares (na cotação da época);
  • 2018 (Rússia) - 10,8 bilhões de dólares.

7. Países europeus estiveram em quase todas as finais da Copa do Mundo

Alemanha Copa do Mundo
Seleção da Alemanha foi a campeã da Copa do Mundo em 2014

Das 20 edições da Copa do Mundo da FIFA que já aconteceram, pelo menos uma equipe europeia esteve participando da final, com exceção de dois torneios. E dos 18 jogos da fase final em que participaram, as equipes europeias ganharam 58,8%.

Além disso, o jogo de maior pontuação da história da Copa do Mundo também foi protagonizado por europeus, quando em 1954 a Áustria derrotou a Suíça por 7 a 5.

8. Os campeões mundiais: 3 equipes ganharam 65% dos torneios

Campeões mundiais
Brasil é o país com mais títulos mundiais

Brasil, Alemanha e Itália somam juntos 13 títulos da Copa do Mundo. Entre os 20 torneios realizados, 65% das vezes a vitória foi de uma dessas 3 equipes.

O Brasil foi o único país que participou de todas as copas desde a sua criação em 1930, e é a equipe que ganhou mais vezes, com 5 vitórias entre de 1958 a 2002.

A Itália e a Alemanha levaram para casa 4 títulos, dividindo o segundo lugar entre países com mais vitórias. Em seguida vem a Argentina e o Uruguai, com 2 vitórias cada.

Essas cinco equipes somam um total de 15 vitórias. Isso significa que dos 193 países que existem, 5 ganharam cerca de 79% dos torneios da Copa do Mundo.

9. Mais gols marcados por um jogador em uma mesma partida

Roger Milla
Roger Milla foi o goleador mais velho da Copa do Mundo

O atacante russo Oleg Salenko detém o recorde de mais gols marcados em uma única partida da Copa do Mundo. Em 1994, durante um jogo contra Camarões, Salenko marcou cinco gols, que fizeram seu time ganhar de 6 a 1.

Mas esse mesmo jogo rendeu outro recorde, o de goleador mais velho da Copa do Mundo! Nessa partida, Roger Milla, que tinha 42 anos em 1994, marcou um gol para os Camarões.

Já a equipe que fez mais gols em uma única partida foi a Hungria, que em 1982 fez 10 gols contra El Salvador em um jogo.

10. O jogador que mais marcou gols em todas as Copas do Mundo

Ronaldo Fenômeno
Ronaldo e Miraslov Klose são os jogadores que mais fizeram gols em Copas do Mundo

O "fenômeno" brasileiro Ronaldo e o alemão Miraslov Klose detêm o recorde de mais gols marcados em todas as edições da Copa do Mundo. Ambos os jogadores conseguiram fazer 15 gols.

Mas Ronaldo, que conquistou o título de Jogador do Ano da FIFA por três vezes, foi o que alcançou esse recorde mais rápido. Ele fez 15 gols durante três Copas do Mundo, enquanto Klose precisou de quatro torneios diferentes.

11. O gol mais rápido e o cartão vermelho mais rápido

Na Copa do Mundo de 2002, o peruano Hakan Sukur marcou um gol em apenas 11 segundos. Por outro lado, o zagueiro uruguaio José Batista detém o recorde de cartão vermelho mais rápido na história da Copa do Mundo. Ele foi expulso aos 56 segundos do primeiro tempo, depois de ter segurado por trás o meia escocês Gordon Strachan.

12. O maior número de empates e de derrotas

Seleção Mexicana
Seleção mexicana é a que possui mais derrotas

Os italianos tiveram o maior número de empates na história da Copa do Mundo, com 21. Já o país com mais derrotas foi o México, com 25. Ele também foi o país com maior número de derrotas consecutivas, sendo 9 perdas entre 1930 a 1958.

Deixando vitórias, derrotas, dinheiro e política de lado, a Copa do Mundo é um evento esportivo incomparável, e mesmo esses fatos curiosos não conseguem demonstrar a grandeza do evento, como ele mexe com as pessoas e nações em todo o planeta.

Mas agora que já conhece um pouco mais sobre ela, sente no sofá, ligue a TV e compartilhe a experiência global que é a Copa do Mundo.