O que é Bitcoin? Veja tudo que você precisa saber sobre essa moeda virtual


O Bitcoin foi criado em 2009 por um desenvolvedor de software chamado Satoshi Nakamoto. Sua ideia era criar um sistema de pagamento eletrônico baseado em provas matemáticas, na forma de uma moeda independente de qualquer autoridade central, transferível eletronicamente, de forma instantânea e com taxas de transação muito baixas.

Veja algumas curiosidades sobre essa moeda digital que tem ganhado cada vez mais espaço no mundo.

1. O Bitcoin é um código computacional

QR code Bitcoin

A moeda convencional é baseada no ouro ou na prata, já o Bitcoin é baseado em matemática, na forma de um código.

Nesse código, além de ter o seu valor, existem todas suas transações, onde cada nova transação acrescenta mais sequências ao original. Desse modo, os Bitcoins não podem ser falsificados, pois eles carregam um rastro de tudo que foi feito com ele.

Esse código do Bitcoin é criado digitalmente por uma comunidade de pessoas, onde qualquer um pode participar. Para produzi-las, pessoas de todo o mundo tem usando programas de software que seguem uma fórmula matemática. Essa fórmula é livremente disponível, assim como seu software é de código aberto. 

2. Atualmente a mineração de Bitcoin consume mais energia que 159 países

Energia

Mineração de Bitcoins é o termo usado quando se utiliza um programa de computador para decifrar códigos matemáticos e verificar as transações de Bitcoin ao redor do mundo. Os mineiros Bitcoin recebem então um certo número de Bitcoins para resolver esses problemas.

Porém, o gasto de energia para "minerar" Bitcoins está aumentando consideravelmente, consumindo cerca de 0,13% do consumo global de eletricidade. Esse valor é superior ao gasto de eletricidade de mais de 159 países, incluindo mais do que a Irlanda ou a Nigéria.

De acordo com dados do Índice de Consumo de Energia Bitcoin, cerca de 10 famílias americanas usam por dia a mesma quantidade de eletricidade que é consumida em uma única transação de Bitcoin.

3. Um único Bitcoin hoje vale mais de 10 mil dólares

Bitcoin valor

O Bitcoin valorizou de uma forma inacreditável nos últimos anos. Em 2009, quando foi criado, um Bitcoin valia 0.0001 centavos de dólar. Já em 2015, esse mesmo Bitcoin valia 220 dólares.

Em novembro de 2017, o valor de 1 Bitcoin chegou a custar mais de 10 mil dólares, ou seja, cerca de 32 mil reais.

4. O número de Bitcoins é limitado

Bitcoins limitados

O protocolo Bitcoin, que são as regras que fazem o Bitcoin funcionar, diz que apenas 21 milhões de Bitcoins podem ser criados. No entanto, essas moedas podem ser divididas em partes menores, e a menor quantidade divisível é um centésimo de milionésimo de Bitcoin (0,00000001), chamada de "Satoshi".

5. Os Bitcoins são mantidos em carteiras digitais

Carteira virtual
Carteira virtual de Bitcoins

Assim como você pode ter uma conta no banco com uma senha para guardar seu dinheiro, com o Bitcoin você pode ter uma carteira Bitcoin.

Essas carteiras são softwares, que podem ser baixados e rodados nos computadores, e um dos mais utilizados é o Blockchain.info, onde você pode armazenar seu dinheiro assim como em um banco virtual.

Porém, perder uma carteira digital significa que seus Bitcoins estão perdidos para sempre! Por mais que os Bitcoins ainda existam pois foram gravados no Blockchain, eles não podem mais ser gastos porque a carteira está perdida. 

Esses Bitcoins possuem chaves únicas e se forem perdidos juntos com uma carteira, eles são essencialmente removidos da circulação para sempre. Mas você também pode guardar seus Bitcoin de forma offline, como em HDs externos.

6. Você pode realmente comprar coisas com Bitcoins

A ideia de uma moeda virtual como o Bitcoin pode parecer estranha no início, mas ela é realmente uma moeda real e pode ser usada para comprar coisas.

Existe uma variedade de comerciantes que aceitam Bitcoins como pagamento de itens, em lojas online ou lojas físicas. Algumas das lojas online mais populares que aceitam Bitcoins são a Microsoft e a Dell.