Harpia: curiosidades fascinantes sobre uma das maiores aves de rapina do mundo


A majestosa harpia é uma das maiores e mais pesadas aves de rapina do mundo, podendo atingir mais de um metro de altura e pesar até 9 quilos.

No Brasil, esse pássaro é também conhecido como Gavião-rei, podendo ser encontrado especialmente na Amazônia, onde vive em árvores altas dentro da mata. 

Foto de Harpia

A envergadura da asa de uma harpia pode medir até dois metros e meio de comprimento e elas se alimentam especialmente de outros pássaros, macacos e até de bicho preguiça. 

Características da harpia 

Foto de Harpia

Expectativa de vida: 25 a 35 anos

Peso: Fêmeas (de 6.3kg a  9kg). Machos (de 3.8kg a 5.4kg). 

Tamanho: 89 a 105 centímetros; sendo que as fêmeas são maiores que os machos. 

Número de ovos postos: 1 a 2 em uma ninhada

Idade de amadurecimento: de 4 a 5 anos. 

A harpia e a mitologia grega 

Foto de Harpia
Pintura de Harpia da mitologia grega realizada pelo artista Сергей Панасенко-Михалкин (1991).

O nome harpia faz referência a um pássaro lendário dentro da mitologia grega, onde era descrito como uma ave de rapina com rosto de mulher e seios. 

Essas criaturas aparecem em diversas histórias da mitologia grega, incluindo na história do herói Jasão, onde as harpias foram enviadas para punir o rei Fineu, roubando-lhe todas as refeições.

Foto de Harpia

Devido ao tamanho do animal, os primeiros europeus que chegaram à América e se depararam com o bicho, deram o nome dele de harpia, para fazer referência a estas histórias mitológicas. 

Já o nome científico desta ave de rapina é Harpia harpyja, nomeado pelo botânico e zoólogo sueco Carlos Lineu em 1758.

Onde as harpias podem ser encontradas?

As harpias podem ser encontradas ao longo de quase toda a América Latina, começando pelo México, passando pela Bolívia, se estendendo pelo Brasil e o norte da Argentina. 

Foto de Harpia

O principal habitat da harpia são as florestas tropicais, mas devido à destruição de várias florestas, estas aves são consideradas uma espécie dependente de conservação, pois correm o risco de se tornarem extintas. Outro fator que ameaça a existência destes majestosos pássaros é a caça predatória.

Estudos apontam que existem hoje cerca de 50.000 harpias restantes no mundo e organizações ao redor do planeta fazem o trabalho de conservação desta espécie. É o caso do Projeto Harpia, que foi criado em 1997 pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). 

O fascinante modo de caça da harpia

Foto de Harpia

A harpia é uma ave muito inteligente quando se trata de caçar as suas presas. Ela é forte, mas ao mesmo tempo muito silenciosa, dessa forma, conseguem surpreender os animais que pretendem ter como alimento.

Elas também são ótimas em poupar energia e costumam voar baixo para utilizar suas garras e pegar macacos, outros pássaros e até bichos preguiça de até 7 quilos. Em uma perseguição, a harpia pode atingir impressionantes 80 quilômetros por hora em um voo. Ela geralmente mergulha no ar e agarra suas presas com as garras estendidas. 

Foto de Harpia
Detalhes da garra de uma harpia.

As garras mortais de uma harpia podem fazer uma pressão de até 50 quilos na presa, o que faz com que os ossos sejam esmagados e a morte seja quase instantânea. Em um planejamento de ataque, a harpia pode esperar pacientemente em silêncio por até 23 horas antes de surpreender sua presa. 

Outra característica que a torna uma excelente caçadora é a sua visão. Essa ave pode ver qualquer coisa que meça menos de 2 centímetros a quase 200 metros de distância. 

A harpia é uma animal monogâmico 

Foto de Harpia

Apesar da cara emburrada e, por vezes, cômica, a harpia é um animal extremamente fiel e companheiro para os seus iguais. Elas são monogâmicas, ficando para sempre com um mesmo parceiro. 

Quando botam ovos, elas os protegem a todo custo e quando uma nova ave nasce, elas serão protegidas pelos pais até a idade de amadurecimento. Uma harpia bebê nasce totalmente branquinha e começa a ganhar cores nas penas a partir dos três anos de idade. 

A importância do símbolo da harpia na cultura da América Latina 

Foto de Harpia

Sendo um pássaro tão majestoso que pode ser encontrado ao longo de quase toda a América Latina, a harpia se tornou também um símbolo de força que é utilizado por diversos países em brasões, bandeiras e outros símbolos culturais. 

A harpia é, por exemplo, a ave nacional do Panamá e estampa o brasão do país. Já no Brasil, o símbolo da harpia pode ser encontrado no brasão de armas do estado do Paraná, de Mato Grosso, do Estado do Rio de Janeiro e outros. 

Foto de Harpia
Brasão do estado do Paraná.

Além de todas essas referências relacionadas à harpia, saiba que ela serviu de referência para o pássaro Fênix, presente nas franquias de Harry Potter. 

Este conteúdo utilizou informações de: National Geographic e San Diego Zoo Wildlife Alliance. 

Veja também: