10 defeitos de uma pessoa que poderiam ser vistos como qualidades


A maioria das pessoas pensa em suas características como “boas” ou “más”. Ser gentil e humilde é visto como bom, enquanto ser preguiçoso ou pessimista é algo ruim. Mas as vezes, alguns defeitos podem te levar a coisas boas, ou mesmo ao sucesso.

Veja então 10 características que são vistas como defeitos, mas que podem representar qualidades em determinados contextos.

1. Ser introvertido ou tímido

Timidez

A sociedade parece girar ao redor do extrovertidos, com grandes escritórios abertos para trabalhar, bares para conhecer pessoas, festas, e tudo isso pode assustar as pessoas introvertidas.

Muitas pessoas veem a timidez como uma fraqueza. E claro, ser excessivamente tímido pode fazer com que você perca certas oportunidades, mas essa característica também tem seus pontos fortes: as pessoas tímidas e introvertidas tendem a ser mais reflexivas e observadoras do que os extrovertidos, e também são melhores ouvintes.

2. Ser obcecado com as coisas

Obsessão

A obsessão pode ser perigosa se não tivermos algum controle dela, deixando que ela afete seu sono, seus relacionamentos ou sua saúde. Mas a obsessão por algo também pode ser uma força poderosa!

Poucas pessoas conseguem grandes feitos se não colocam toda sua dedicação nela. Então, estar obcecado com alguma coisa, como a escrita, música, ou certa ideia, poderá te dar força para chegar ao sucesso.

3. Ser teimoso e se recusar a desistir

Teimosia

Pessoas mal sucedidas atingem um obstáculo e logo desistem. Já as pessoas de sucesso continuam falhando e tentando novamente, pois sabem que isso as levará a uma recompensa final. Como quando perguntaram a Thomas Edison sobre suas inúmeras tentativas de inventar a lâmpada e ele disse “Eu não falhei. Acabei de encontrar 10.000 maneiras que não funcionam.”

As pessoas podem olhar estranho para alguém que nunca desiste, mas esse ainda é o melhor jeito de se superar os desafios.

4. Não ter uma vida estável e exemplar

Vida instável

Desde a infância somos levados a seguir um caminho específico: ir pra escola, faculdade, trabalhar horas por dia, casar, ter filhos e então aposentar. E quando alguém foge desse padrão, não querendo um emprego fixo, ou não ter uma família, pode ser visto como perdido.

Não ter uma vida que segue os modelos sociais pode parecer estranho para uns, mas ser o estilo perfeito para outra pessoa. Isso não faz dela errada ou fracassada por não ter uma casa ou um trabalho que pague muito, ela só tem outros objetivos na vida.

5. Ser egoísta

Egoista

A medida que você segue um caminho diferente e se coloca em primeiro lugar, as pessoas podem ficar chateadas com você. Talvez você deixe sua família triste por querer mudar de país, terminar um relacionamento por causa de um negócio ou ser mal visto por abandonar aquele projeto da empresa.

É claro que você não vai querer deixar as pessoas infelizes, mas é importante saber pensar em si mesmo, focar na sua vida e aprender a dizer não quando necessário, para que possa alcançar seus próprios objetivos.

6. Ser pessimista

Pessimista

Muitas pessoas reclamam de quem é pessimista, mas ser um otimista achando que tudo vai ficar bem sem tomar uma atitude quando preciso é uma péssima opção.

Pensar em tudo que poderia dar errado ajuda você a se planejar para qualquer situação e evitar os problemas. Você também acaba se frustrando menos, caso as coisas realmente não ocorram bem. Ou seja, contanto que você não desista das coisas por causa disso, um pouco de pensamento negativo pode ser uma boa coisa..

7. Ser mais lento que a maioria

Lento

A maioria das pessoas correm para fazer um bilhão de coisas em um dia, enquanto você nunca consegue acompanhar esse ritmo? Ou acha que demora muito mais para entender algo? Isso não é necessariamente tão ruim.

O movimento mais lento permite que você faça as coisas melhor, com mais atenção, além de te deixar menos estressado. Quantidade não é melhor que qualidade, então ser um pouco lerdo pode trazer benefícios ao fim de cada etapa.

8. Ser desorganizado

Desorganização

Ser um pouco confuso não é um pecado mortal, mas muitas pessoas o associam a ser improdutivo ou relaxado.

Mas as pessoas desorganizadas no seu dia-a-dia podem ser mais propensas à criatividade, ou em se arriscar sem medo. A desorganização pode até mesmo inspirar, é só não deixar que a bagunça tome conta de tudo.

9. Se distrair facilmente

Distraido

Estar distraído pode dificultar a concentração no seu trabalho, mas também pode ajudá-lo a ser mais criativo. Quando você não está focado, você considera uma gama mais ampla de informações e pensa mais fora da caixa.

Tanto o foco quanto a distração desempenham um papel importante em nossas vidas, então o fato de você se distrair fácil não precisa ser visto de um modo tão ruim.

10. Ser preguiçoso

Preguiça

Para cada dez pessoas que trabalham pesado, sempre vai ter aquele com preguiça de fazer o trabalho, e por isso ele encontrará um modo de automatizar esse processo. A preguiça pode ser uma boa causa para a evolução, se usada adequadamente.

Se você tem preguiça de alguma coisa, isso pode ser uma motivação para você hackear esse trabalho, agilizando os processos para deixá-los mais fáceis. Mas é claro, para isso você vai ter que levantar da cama primeiro.  

Então, como pudemos ver, alguns defeitos podem não ser tão ruins quanto a maioria pensa. Sabendo dosar o modo como eles nos afetam, podemos aproveitar essas características para algo bom em nossas vidas.