Arco-íris: desvendando 10 mitos sobre esse fenômeno


O arco-íris é um fenômeno que sempre chamou a atenção das pessoas. Ninguém consegue ficar indiferente à ele quando esse arco colorido aparece no céu.

A mágica e beleza desse fenômeno faz com que ele sempre seja representado, seja em desenhos, roupas, mencionado em músicas e poemas, além de fazer parte de mitos em diversos países e povos.

Como ele é tão presente para nós, era de se esperar que saibamos muitas coisas sobre esse fenômeno, não é? Mas acontece que muito do que ouvimos sobre o arco-íris não passa de mitos. Desvende agora alguns deles.

1. Arco-íris existem de verdade

Arco-íris e ilusão

Na verdade ele existe sim, mas não concretamente. Isso porque ele é apenas uma ilusão de ótica!

Nós vemos um arco-íris quando a luz atinge gotas de água. Parte da luz é refratada para o interior da gota, refletida e então é refratada novamente para fora dela.

Sabemos que a luz branca na verdade é uma mistura de várias cores. Então quando essa luz atravessa a água, a refração faz com que apareça o espectro das cores que vemos. 

2. Arco-íris formam arcos perfeitos

Arco-íris completos

É verdade que os arco-íris parecem formar arcos perfeitamente arredondados. Só que na realidade, eles formam círculos completos! Mas então, por que não vemos esses círculos?

Quando estamos de pé no chão, só podemos ver a luz que é refletida pelas gotas de chuva acima do horizonte. Assim, não podemos ver a metade oculta de um arco-íris.

Mas existem algumas maneiras pela qual você pode ver um arco-íris de círculo completo. Se você estiver em um avião ou helicóptero, podendo assim ver abaixo do horizonte, você poderá ver um arco-íris circular. Às vezes, pessoas escalando altas montanhas também consegue ver o círculo completo.

E como um arco-íris é um círculo, você nunca chegará ao seu fim. Eles parecem se mover junto contigo, porque a luz que forma o arco está sempre a uma distância e ângulo específicos de você. Então, sabe aquela história de encontrar um pote de ouro ao fim dele? Pode esquecer!

3. Os arco-íris têm apenas sete cores

Cores do arco-íris

Na escola você provavelmente aprendeu que as cores do arco-íris são vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta. Mas estas são, na verdade, apenas as cores do espectro visível. Enquanto o vermelho tem o comprimento de onda mais longo, o violeta tem o mais curto.

Mas esses sete tons não são os únicos no mundo, então, onde está o rosa? Ou marrom e bege?

Essas cores, e mais todas as outras, estão realmente lá no arco-íris. Na verdade, os arco-íris contêm mais de 1 milhão de cores! Mas infelizmente, elas são invisíveis para nós, já que nossos olhos não podem detectar todos os outros tons nele.

4. Todos vemos os arco-íris do mesmo modo

Arco-íris como vemos

Um dos fatos mais fascinantes sobre o arco-íris é que duas pessoas não conseguem ver exatamente o mesmo arco-íris!

Você pode pensar que está vendo a mesma coisa, e pode até descrever o arco-íris que você está vendo para alguém próximo de você, que irá concordar com o que você viu. Mas você realmente não está vendo a mesma coisa!

Isso porque quando você está olhando para um arco-íris, você está olhando para a luz que é refletida pelas gotas de chuva acima do horizonte. Mas o seu horizonte é sempre diferente dos demais, embora, às vezes apenas ligeiramente diferente.

Ou seja, o centro do arco-íris que você vê está em uma linha imaginária que se estende do seu olho até o sol. E já que os seus olhos e os de outra pessoa, mesmo alguém ao seu lado, não podem estar no mesmo lugar no espaço simultaneamente, vocês dois nunca poderão ver o mesmo arco-íris.

Na verdade, nem mesmo os nossos dois olhos veem o arco-íris do mesmo modo.

5. Arco-íris só aparecem quando chove

Chuva e arco-íris

Você já deve ter ouvido a frase "primeiro a chuva, depois o arco-íris". E faz sentido, visto que para um arco-íris ser formado, é preciso haver gotículas de água no ar. Então, a luz tem que brilhar através dessas gotículas no ângulo certo, e pronto, temos um arco-íris.

Mas as gotas de água podem estar no ar por muitas outras razões. Por exemplo, quando há nevoeiro, ou quando há respingos de água vindo de uma cachoeira ou de ondas quebrando contra pedras.

Não importa qual seja a fonte das gotículas de água no ar, se o sol estiver no ângulo correto e o arco-íris estiver acima do horizonte, você conseguirá ver este belo fenômeno acontecendo.  

6. Arco-íris só aparecem durante o dia

Arco-íris noturno

Já dissemos sobre como a água e a luz do sol são os ingredientes para formar um arco-íris. Então, se este for o caso, poderíamos pensar que os arco-íris só poderiam aparecer durante o dia. Mas eles também podem ocorrer durante à noite!

Um arco-íris noturno é chamado de arco-íris lunar, e eles são criados quando a luz refletida pela lua atinge as gotículas de água no ar. E lembrando que a luz do luar na verdade se trata da luz solar refletida, um arco-íris lunar ainda é feito de gotas de água e luz do sol, mesmo que indiretamente.

Mas para que um arco-íris lunar se forme, é necessário que haja lua cheia ou quase cheia. E apesar de todas as mesmas cores que tem em um arco-íris também estarem presentes no lunar, eles são bem mais fracos, visto que o luar é muito mais escuro que o sol.

7. Os arco-íris são apenas fenômenos da natureza

Arco-iris prisma

Na verdade, você pode facilmente criar um arco-íris usando uma mangueira no jardim da sua casa, ou um copo d’água.

Tudo o que você precisa fazer é ligar uma mangueira de jardim, ficar de costas para o sol e, em seguida, ajustar o bico da mangueira para que a água saia com um jato bem fino. Olhe bem de perto, pois um arco-íris aparecerá no jato de água.

Se você preferir criar um arco-íris através de um experimento científico mais oficial, você pode pegar um copo transparente com água e um espelho. Então coloque o espelho dentro do copo em um ângulo de 45º e vá para fora, posicionando o copo em um lugar onde a luz do sol atinja a parte do espelho que está submersa na água. Nesse momento, a luz atravessará o copo criando um arco-íris.

8. E você não pode fazer um arco-íris desaparecer

Arco-iris por do sol

Além de poder criar arco-íris, você também pode fazê-los desaparecer! Tudo o que você precisa fazer é pegar um par de óculos de sol polarizados, segurá-los na sua frente na posição correta e pronto, não há mais arco-íris!

Isso porque os arco-íris são objetos altamente polarizados, o que significa que suas ondas de luz estão vibrando em um plano - neste caso, na vertical. E os óculos de sol também são polarizados verticalmente, porque eles são criados para bloquear os reflexos, que normalmente vem de superfícies planas e são polarizados horizontalmente.

As ondas de luz horizontais não podem passar por polarizadores verticais. Assim, se você estiver usando um óculos de sol polarizado verticalmente, poderá ver arco-íris polarizados verticalmente. Mas se virar seu óculos de lado, criando um conjunto de tons polarizados horizontalmente, as ondas de luz do arco-íris serão bloqueadas, fazendo com que ele desapareça.

9. Arco-íris aparecem igualmente em qualquer hora

Arco-iris
O sol precisa estar em um ângulo de 42 graus ou menos para um arco-íris aparecer.

Você pode pensar que suas chances de ver um arco-íris não têm nada a ver com a hora do dia. Afinal, pode haver chuva ou neblina seguido de sol em qualquer horário.

Isso é verdade, mas as chuvas são muito mais frequentes no final da tarde do que no início da manhã ou no meio-dia, portanto é mais provável que as aparições do arco-íris sejam maiores no entardecer. Além disso, o sol também estará em um ângulo mais favorável, com 42 graus ou menos no horizonte.

10. Os arco-íris duplos são exatamente iguais

Arco-iris duplo

Arco-íris podem se multiplicar tornando-se arco-íris duplos, triplos e até quádruplos. Porém, quantos mais surgirem, mais fracos eles são.

Os arco-íris duplos ocorrem quando a luz é refletida duas vezes dentro das gotículas de água. Quando isso acontece, o segundo arco-íris aparece acima do principal e é mais fraco. Suas cores também serão invertidas, com o vermelho aparecendo na parte interna e o violeta no arco externo.

Já o arco-íris terciário ocorre quando a luz é refletida pela terceira vez. Mas você tem que estar de frente para o sol para ver um, porque o sol é o seu centro. Esses arco-íris são muito difíceis de se ver, em parte porque você estará olhando diretamente para o sol, e também porque eles são muito fracos e muito amplos.

E é ainda mais difícil de ver os arco-íris quaternários, que se formam quando a luz é refletida pela quarta vez. Você também precisa estar de frente para o sol para identificá-los, e eles serão ainda mais fracos do que os arco-íris terciários.

Mas isso não para por aí: os cientistas já detectaram um arco-íris de 200ª ordem em um laboratório, ou seja, onde a luz foi refletida nele 200 vezes!

E então, ficou surpreso com algum desses mitos? Agora você poderá ter uma outra ideia quando ver o próximo arco-íris aparecendo no céu.