Essas são 10 coisas estranhas que acontecem no mundo


O mundo pode ser um lugar muito estranho!

A natureza é capaz de criar coisas estranhas que muitas vezes nem mesmo a ciência pode explicar. Entre tempestades intermináveis à desertos que florescem, fenômenos que parecem ter saídos de filmes, ou de manipulações no photoshop, estão acontecendo agora, em toda a Terra.

1. A cachoeira submersa das Ilhas Maurício

Sobrevoando a ponta sudoeste das Ilhas Mauricio, podemos nos deparar com um fenômeno extremamente curioso: Uma cachoeira subaquática!

Porém, essa visão da cachoeira se trata apenas de uma ilusão de ótica da natureza. Esse efeito acontece por causa da movimentação de sedimentos no fundo do mar, que junto com as águas cristalinas da região, fazem parecer que existe uma cachoeira subaquática.

2. As montanhas coloridas da China

montanhas coloridas

Localizados na China, essas montanhas são formadas por arenitos e outros conglomerados. Essa cadeia de montanhas é datada do período Cretáceo, e hoje faz parte de um Parque Geológico, situado na província de Gansu, na China da Ásia. A cidade mais próxima é Zhangye.

Essa paisagem de Zhangye tem muitos penhascos rochosos, de centenas de metros de altura, com cumes multicoloridos que se estendem até o horizonte.

Essas formações se destacam entre os verdes e os cinzas das planícies, parecendo uma pintura.

3. As ondas fluorescentes nas Maldivas

nuvens fluorescentes

A Ilha Vaadhoo nas Maldivas tem chamado muita atenção por causa das suas ondas fluorescentes, que parecem se espelhar nas estrelas.

Essa luz biológica, ou bioluminescência, que aparece nas ondas é causado por causa de micróbios marinhos chamados fitoplâncton.

Um relatório recente da Discovery News descobriu como esse brilho surge. De acordo com o biólogo marinho Jorge Ribas, essa luz é causada por um fitoplâncton bioluminescente chamado Lingulodinium polyedrum.

Os microorganismos emitem luz quando passam por situação de stress, como quando uma onda quebra na costa, ou uma prancha corta uma onda. O resultado é um oceano incandescente e brilhante.

4. As árvores de cabra no Marrocos

árvore de cabras

As árvores de Argan no Marrocos tendem a atrair admiradores, e não é pela sua beleza, mas sim pelas inúmeras cabras que costumam estar em cima delas.

Apesar de parecer estranho, isso não é nada incomum. As cabras vêm subindo em árvores de Argan por centenas de anos. O motivo é que essa árvore produz frutos, e atraem diversas cabras a subir seu tronco para saboreá-las.

5. As árvores arco-íris nas Filipinas

Eucaliptos

Essa árvore com cores do arco-íris é o único eucalipto que existe no hemisfério norte, chamado Eucalyptus deglupta. Ele cresce nas Filipinas, Nova Guiné e Indonésia, em florestas tropicais que recebem muita chuva.

A árvore pode crescer até 25 metros de altura em seu ambiente nativo.

6. A lava azul na Indonésia

Um vulcão na Indonésia é famoso pela lava azul que ele expele.

Porém, não se trata da lava que é azul. A lava que sai do vulcão tem a mesma cor que de outros vulcões, porém, junto com ela, emergem grandes quantidades de gases sulfúricos em alta temperaturas, as vezes superiores a 600 graus.

A cor azul que aparece é devido à combustão desses gases sulfúricos, que quando entram em contato com o ar em alta temperatura, criam esse fenômeno.

7. A tempestade sem fim na Venezuela

Relampago de catacumbo

Já imaginou uma tempestade que pode durar até 160 dias? Pois ela acontece.

Conhecidas como Relâmpago de Catatumbo, esse fenômeno acontece acima do lago Maracaibo, na Venezuela. Lá, o céu noturno é regularmente iluminado com milhares de flashes de eletricidade.

Esse lago já ganhou um lugar no Guinness Book pela "maior concentração de relâmpagos", com 250 relâmpagos por quilômetro quadrado a cada ano. Em algumas épocas do ano, como em outubro, podemos ver uma média de 28 relâmpagos por minuto.

8. O deserto florido no Chile

Deserto florido

É de se espantar que hajam flores no deserto mais seco do mundo!

Porém, o deserto de Atacama, no Chile, vem passando por esse fenômeno desde que o El Niño trouxe chuvas mais fortes para essa região.

Essas flores normalmente florescem a cada cinco a sete anos, porém, no ano de 2015, houveram tantas flores que esse fenômeno chamou a atenção do resto do mundo.

9. O sol negro na Dinamarca

sol negro

O sol negro é um fenômeno natural que acontece todos os anos na Dinamarca. Na primavera e no outono, aproximadamente uma meia hora antes do pôr-do-sol, um grande número de pássaros migratórios se reúnem nos pântanos no Mar de Wadden.
Esses pássaros, conhecidos como Sturnus Vulgaris, formam esse sol negro quando circulam no céu, buscando um lugar para pousarem.

10. As pedras que se movem nos Estados Unidos

pedras que andam

O Vale da Morte, na Califórnia, chama a atenção pelas suas pedras caminhantes. O lago seco chamado de Racetrack Playa é marcado por centenas de trilhas, criadas por pedras que parecem se mover sozinhas.

A cada 10 anos, essas pedras de cerca de 318 quilos, deixam suas trilhas na superfície do deserto. Porém, esse é um dos mistérios do mundo que a ciência já conseguiu resolver.