Conheça as lendas urbanas que assombram diferentes países ao redor do mundo


As lendas urbanas geralmente são histórias ficcionais transmitidas de geração em geração como se fossem fatos. Embora essas lendas pareçam absurdas para alguns e assustadoras para outros, esses tipos de histórias existem há décadas e algumas delas são capazes de moldar a vida das pessoas de sua infância até a fase adulta. 

E não importa em qual lugar do mundo você more, provavelmente você está familiarizado com uma ou duas lendas urbanas locais. Mas será que as histórias que você acha assustadoras são melhores que algumas que podemos encontrar em outros países?

1. O assobiador - Venezuela

O assobiador

Há uma lenda urbana na Venezuela em torno de "El Silbón" (O Assobiador), uma figura conhecida nas planícies e pradarias do país.

O assobiador é geralmente descrito como um homem muito magro, vestido com roupa de vaqueiro e uma chapéu de aba larga que esconde sua face esquelética. Ele vagueia pelo campo e pelos matagais à noite, com ombros caídos e olhar para baixo, carregando uma bolsa pesada cheia de ossos e restos decompostos em suas costas.

Fiel ao seu nome, a entidade continuamente assobia muito alto. Ele também é muito alto e forte, com alguns relatos descrevendo-o como mais de seis metros de altura.

Há rumores de que ele ataca viajantes solitários, especialmente homens bêbados ou infiéis. Diz a lenda que apesar de seu assobio ser escutado alto e próximo, ninguém consegue ver de onde ele vem. E ao contrário da lógica, quando o som diminui e parece mais distante, é quando o assobiador está mais próximo.

2. Chupacabra - Porto Rico

Chupa Cabra

Apesar do Chupacabra também ser conhecido no Brasil, no México e nos EUA, essa lenda começou em Porto Rico.

Chupacabra é uma criatura que é conhecida por sugar o sangue de animais, em particular, de cabras. A descrição dessa criatura é que ela se parecia com um urso, mas tem espinhos nas costas que vão do pescoço até a cauda. Outras descrições acrescentam que tem pele escamosa.

Ele foi classificado como uma lenda urbana pois acredita-se que as testemunhas podem ter confundido a criatura com um coiote. Vários documentários tentaram localizar a criatura, mas nada foi comprovado.

3. Bloody Mary (Maria sangrenta) - EUA

Bloody Mary
Teorias dizem que Bloody Mary foi inspirada na rainha Maria I da Inglaterra

Esta lenda foi contada de várias formas durante séculos, e tem versões em diversos países. Uma das versões mais populares conta que o espírito maligno de Bloody Mary pode ser convocado chamando seu nome três vezes em um espelho.

Então, o espírito aparecerá no espelho como um cadáver coberto de sangue, ela se inclinará para frente e arrancará seus olhos, ou te puxará em direção a ela, te prendendo no espelho por toda a eternidade.

Essa lenda tem sua versão brasileira, que é conhecida como "Loira do Banheiro". Para invocá-la, as crianças deveriam ir ao banheiro e dar descarga três vezes, dizendo xingamentos. 

4. Black Shuck (cão negro) - Inglaterra

Black Shuck

Black Shuck é o nome dado a um cão negro que dizem vagar pelo leste da Inglaterra. O cão é descrito como sendo grande e peludo, e costuma aparecer a noite. Esse animal geralmente é associado ao diabo, e sua aparição é considerada um presságio da morte. 

Por outro lado, algumas histórias dizem que esse animal ajuda os viajantes perdidos a chegarem aos seus destinos, contradizendo as afirmações de que traz má sorte entrar em contato com a criatura.

Conheça também a história de Krampus, o demônio do natal.

5. Nora, a freira - País de Gales

Freira

Uma mulher chamada Nora assombra alguns bosques no País de Gales. Perto de uma floresta, há um antigo castelo do século XII ou XIII, onde dizem que ela viveu. Há relatos de que muitas pessoas a viram, e até acidentes de carro aconteceram perto desse bosque, que ocorriam quando a pessoas desviavam de uma freira que aparecia em pé no meio da estrada.

A lenda diz que Nora era uma freira que morava neste castelo, e ela conheceu um guarda que a engravidou. Depois que seu pecado foi descoberto, ela deveria ser executada por ir contra a palavra de Deus, mas ela correu do castelo com o bebê e escondeu-o no tronco de uma árvore, com a intenção de voltar para buscá-lo depois que escapasse de seus perseguidores.

Ela finalmente conseguiu escapar, mas quando voltou para o bebê, ela não conseguiu encontrá-lo. Nora vasculhou a floresta dia e noite até que acabou morrendo, e a lenda conta que ela nunca irá descansar até encontrar o bebê.

6. O basilisco - Suíça

Basilisco

Essa lenda urbana diz que sob uma certa fonte existe um tipo de "Câmara Secreta" onde, uma vez, um basilisco fez seu ninho. Ele tinha cabeça e pés de ave e um corpo de lagarto, com asas semelhantes à dragões.

Foi dito que ele nasceu quando uma galinha abandonou um ovo, que foi adotado e chocado por uma cobra. Então, ele costumava vagar pelas ruas à noite e procurar por sua mãe que o abandonou.

Essa lenda urbana surgiu por volta do século XI, mas até hoje o animal é importante para a cidade, existindo estátuas de basilisco em muitas das fontes do país.

7. A aldeia amaldiçoada de Kuldhara - Índia

Kuldhara

Segundo a lenda, o maligno Salim Singh, primeiro-ministro do Estado, se interessou pela filha do chefe da aldeia de Kuldhara, na Índia. Ele desejava casar-se com ela a todo custo, ameaçando a aldeia caso seu desejo não se realizasse.

Mas em vez de se submeter à ordem do tirano, a população da aldeia decidiu abandonar seus lares ancestrais e desaparecer. E isto não foi tudo; antes de sair, eles lançaram uma maldição em Kuldhara de que ninguém jamais seria capaz de viver naquela aldeia depois disso. Desde então, a aldeia permanece estéril, e mesmo hoje visitá-la é apenas algo que os corajosos fariam.

Também é dito que pessoas que tentaram ficar lá à noite foram perseguidas por estranhos fenômenos paranormais. Os membros da Sociedade Paranormal de Nova Deli ficaram uma noite na aldeia e relataram acontecimentos sobrenaturais, como sombras, passos, ruídos e movimentos inexplicáveis.

8. El Cucuy - México

El cucuy

Segundo o folclore mexicano, El Cucuy é uma criatura pequena, medonha e peluda com olhos vermelhos brilhantes. Ele tem orelhas grandes como um morcego e uma boca cheia de dentes afiados.

A lenda foi transmitida ao longo dos anos, pelos pais mexicanos que sempre alertam seus filhos: comporte-se ou El Cucuy virá e levará você embora.

Quando a noite cai, El Cucuy vem. Ele se esconde no seu armário ou embaixo da sua cama. Ele pode tomar a forma de qualquer sombra, e te observa em silêncio aguardando o momento para atacar. Então, ele te levará para o covil dele, nas profundezas das montanhas, e te devorará.

9. Aka manto (Capa vermelha) - Japão

Aka manto

Aka Manto é um espírito que assombra os banheiros no Japão, geralmente o último banheiro feminino. Algumas versões descrevem-no usando uma máscara para cobrir seu rosto extremamente bonito.

Segundo essa lenda, quando a vítima estiver no banheiro, uma voz misteriosa perguntará se ela deseja papel vermelho ou azul. Se você responder papel vermelho, você será morto violentamente e encharcado de sangue. Se você pedir pelo azul, você é estrangulado até que sua pele fique azul.

Tentar pedir qualquer outra cor de papel fará com que apareçam mãos de dentro do vaso, que te arrastarão até o Inferno.

Em outras versões, o fantasma simplesmente perguntará se você quer uma capa vermelha, e então ele rasgará a pele de suas costas. A única resposta que poupará a vítima é recusar qualquer coisa que ele ofereça.

10. O homem do saco - Brasil

Homem do saco

O homem do saco, ou velho do saco, é uma lenda que começou durante o século 19 no Brasil, e que é muito contada pelos pais que querem amedrontar seus filhos.

Essa lenda urbana conta sobre um velho, de aparência suja, que anda pelas ruas com um enorme saco em suas costas. Ele captura crianças malcriadas, ou que estejam andando sozinhas na rua a noite. Segundo a lenda, ele as coloca dentro do saco e as leva para sua casa, usando seus corpos para fazer sabão.

E além das lendas urbanas, no Brasil existem várias lendas associadas ao nosso folclore, como o Boto, Saci-Pererê e a Mula-sem-cabeça.

Mas então, depois de conhecer essas histórias, a lenda urbana de qual país parece mais aterrorizante para você?