Conheça as 7 maravilhas do mundo moderno e as outras 13 finalistas


As 7 Maravilhas do Mundo Moderno foram uma seleção de carácter informal criada pela fundação Suíça New7Wonders. Visto que a lista original foi feita na Grécia Antiga e apenas a Pirâmide de Gizé ainda existe, surgiu a ideia de criar uma nova.

Então, em 2000 foi lançada uma campanha, onde 200 monumentos concorriam ao título de uma das novas 7 maravilhas do mundo. Mais de 100 milhões de votos, que foram dados via telefone e internet, definiram quem seriam as 21 finalistas.

Dentre estas, uma curadoria selecionada pela UNESCO definiu as 7 escolhidas baseada nos quesitos: estrutura, dimensão geográfica, valor artístico e cultural, diversidade e fator de reconhecimento. O resultado foi anunciado em 2007, na cidade de Lisboa.

As eleitas sete maravilhas do mundo moderno

7 maravilhas do mundo moderno
A distribuição das 7 maravilhas do mundo moderno pelo mundo.

As 7 maravilhas não estão dispostas em ordem de importância.

1. A pirâmide de Chichén Itzá (México)

Chichen_Itza

Chichén Itzá foi uma das principais cidades maias, localizada na península de Yucatán, no México.

Entre seus monumentos, se destaca a pirâmide El Castillo, também conhecida como Templo de Kukulcán, o deus serpente. Durante os equinócios de primavera e outono, o sol faz uma sombra na pirâmide que se assemelha à uma cobra deslizando pela escada.

A construção foi realizada entre séculos IX e XII, e sua estrutura contém 365 degraus, o mesmo número de dias de um ano solar. Já a sua altura chega à 24 metros.

2. Coliseu (Itália)

Coliseu

O Coliseu é um anfiteatro oval no centro da cidade de Roma, Itália. Foi construído por ordem do Imperador Vespasiano em 71 d.C, porém foi concluída apenas em 80 d.C. sob comando de seu sucessor, Tito.

O Coliseu é o maior anfiteatro já construído, medindo 189 por 156 metros. Tinha uma capacidade de cerca de 50.000 espectadores, que vinham assistir a uma variedade de espetáculos públicos, como lutas de gladiadores e execuções. Estima-se que cerca de 500.000 pessoas morreram no Coliseu.

3. Cristo Redentor (Brasil)

Cristo Redentor

O Brasil também deixou sua marca entre as 7 novas maravilhas! O Cristo Redentor é uma estátua de Jesus Cristo, que fica no topo do Corcovado, no Rio de Janeiro.

Sua construção começou em 1926 e levou cinco anos para ser concluída. Foi projetada pelo escultor polonês Paul Landowski e construída pelo engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa e o francês Carlos Oswald.

A estátua possui 30 metros de altura, e mais uma base de 8 metros, sendo a maior escultura de Art Deco do mundo. Seus braços estendidos alcançam 28 metros.

4. Grande Muralha da China (China)

Muralha da China

A muralha da China é um dos maiores projetos de construção do mundo, com uma extensão de cerca de 8.850 km, que se estende de Dandong, no leste, até o Lago Lop, no oeste, passando por seis províncias e outras duas regiões autônomas.

Apesar disso, um estudo chinês afirma que se for considerada toda sua extensão, incluindo barreiras defensivas naturais, seu comprimento pode chegar à 21.200km.

A Grande Muralha da China foi construída com propósito de proteger os estados e impérios chineses de invasões inimigas, porém ela também serviu de controle de fronteira, imigração e emigração, e local de coleta de impostos sobre mercadorias.

Sua construção se iniciou no século 7 a.C. e continuou por mais dois milênios, e apesar de ser chamada de muralha, ela consiste em duas paredes paralelas, com torres de observação e quartéis por toda a sua extensão.

5. Machu Picchu (Peru)

Machu Picchu

Machu Picchu é uma cidade Inca localizada na Região de Cusco, no Peru. Datada do século XV, a cidade foi construída no topo de uma montanha, à 2.430 metros acima do nível do mar.

A cidade foi construída com pedras polidas, e contava com áreas residenciais, templos, praças e terraças agrícolas. As técnicas usadas pelos incas impressionam até hoje por sua precisão, tornando a cidade resistente até mesmo à abalos sísmicos.

Em sua “descoberta” em 1911, acreditaram que ela se tratava da "Cidade Perdida dos Incas", uma fortaleza secreta que foi usada contra o domínio espanhol. Posteriormente encontraram a verdadeira cidade perdida, Vilcabamba. Com isso, o objetivo de Machu Picchu virou um mistério para os estudiosos.

Em 1983, Machu Picchu foi declarado Patrimônio Mundial da UNESCO.

Conheça mais sobre a cidade de Machu Picchu

6. Petra (Jordânia)

Petra

Petra é uma cidade histórica do sul da Jordânia, que foi estabelecida em 312 a.C. como a capital dos nabateus, uma tribo árabe.

No seu auge, a cidade chegou a ter uma população de 30 mil pessoas, sendo um grande centro comercial, com um engenhoso sistema de água e jardins exuberantes.

Outro ponto que chamava a atenção era a sua arquitetura, e devido à cor das pedras esculpidas, a cidade também era chamada de “Cidade das Rosas”

O declínio da cidade se iniciou com a mudança das rotas comerciais, e posteriormente dois grandes terremotos levaram ao abandono da cidade. A cidade foi redescoberta apenas em 1912, e em 1985 foi considerada como Patrimônio Mundial da UNESCO.

7. Taj Mahal (Índia)

taj mahal

O Taj Mahal é um mausoléu localizado na cidade de Agra, na Índia. Foi construído pelo Imperador Shah Jahãn, em homenagem à sua esposa falecida Mumtāz Maḥal.

O monumento é construído em mármore branco-marfim, e demorou cerca de 22 anos para ser finalizado, contando com uma equipe de 20 mil trabalhadores. Seu complexo inclui um imenso jardim, além da cúpula central que abriga o túmulo de Mumtãz.

Em 1983, o Taj Mahal foi declarado Patrimônio da Humanidade, e é considerado por muitos como o maior exemplo da arquitetura mogol do mundo.

Mas não existem 8 maravilhas do mundo?

Muita gente não se contenta com a lista dos 7 monumentos e quer saber qual é a 8ª maravilha do mundo. A verdade é que essa maravilha não existe. Ao menos oficialmente.

Quando se quer exaltar a beleza e a imponência de uma obra humana (ou mesmo de um acidente geográfico), costuma-se dizer que esta é a 8ª maravilha do mundo, acrescentando informalmente um item à famosa lista. Trata-se, no final das contas, de uma comparação. Chamar alguma coisa de 8ª maravilha do mundo é colocá-la lado a lado com as maravilhas da lista oficial.

Conheça agora outras 13 candidatas ao título de maravilha do mundo

Acrópolis (Grécia)

Acropolis

A Acrópole de Atenas é uma antiga cidade grega que contém as ruínas de diversos edifícios antigos, sendo o Partenon o mais famoso deles. Apesar da cidade ser habitada desde o século 4 a.C, a construção de seus principais edifícios começou apenas um século depois, sob o comando de Péricles.

Alambra (Espanha)

Alambra

Alhambra é um palácio localizado em Granada, na Espanha. Foi construído originalmente como uma pequena fortaleza em 889 d.C, porém durante o século 13 foi reformado e transformado no palácio de Mohamish ben Al-Ahmar.

Após ser usado como palácio real de Yusuf I, em 1333, e tomado pela Corte Real de Fernando e Isabel em 1492, o local foi deixado em desuso por séculos. Alhambra foi redescoberta após a derrota de Napoleão, e atualmente é uma das maiores atrações turísticas da Espanha.

Angkor (Camboja)

angkor

Angkor Wat é um complexo de templos no Camboja. Com uma área de 162,6 hectares, esse local é o maior monumento religioso do mundo.

Foi construído no início do século XII como um templo hindu, dedicado ao deus Vishnu. Porém, no final do século XII foi convertido em um templo budista. Atualmente Angkor é um símbolo do Camboja, sendo a principal atração turística e aparecendo até mesmo na bandeira do país.

Estátuas da Ilha de Páscoa (Chile)

Moais

Os Moai são esculturas monolíticas que foram esculpidas pelo povo Rapa Nui na Ilha de Páscoa, entre os anos de 1250 e 1500 d.C.

Existem mais de 887 moai espalhados por toda a Ilha, e teorias afirmam que eles foram construídos pelos primeiros habitantes em homenagem aos seus antepassados. O mais alto dos moai possui quase 10 metros de altura, pesando 82 toneladas.

Conheça mais sobre a Ilha de Páscoa

Torre Eiffel (França)

Torre eiffel

A Torre Eiffel é uma torre de ferro forjado localizada em Paris, na França. A torre foi construída em 1889, por Gustave Eiffel. Possui 81 andares, sendo a estrutura mais alta de Paris, com 125 metros de altura.

A torre é um dos maiores símbolos da França, além de ser um dos monumentos mais visitados do mundo.

Hagia Sophia (Turquia)

Hagia Sophia

Hagia Sophia é um museu localizado na cidade de Istambul, na Turquia. Foi construída inicialmente como uma catedral em 537 d.C, porém em 1453 foi convertida como uma mesquita Otomana. O edifício foi inaugurado como museu em 1935.

Hagia Sophia é considerada o maior exemplo da arquitetura bizantina, servindo de inspiração para muitas outras mesquitas otomanas, como a Mesquita Azul e a Mesquita de Şehzade.

Templo Kiyomizu-dera (Japão)

Kiyomizu-dera

Kiyomizu-dera é um templo budista situado no leste de Quioto, Japão. O templo faz parte dos Monumentos Históricos da Antiga Quioto e é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO.

O templo foi fundado em 778, no início do período Heian, porém, seus edifícios atuais foram construídos em 1633. O complexo do templo inclui vários outros santuários, como o Santuário de Jishu, dedicado ao deus do amor Ōkuninushi.

Conheça agora 10 costumes curiosos que você só encontra no Japão

Kremlin (Rússia)

Kremlin

Kremlin é um complexo localizado no centro de Moscou, na Rússia, que serve como residência oficial do Presidente da Federação Russa.

Sua construção iniciou em 1156, e inclui cinco palácios, quatro catedrais e seu muro. Seu nome significa "fortaleza dentro de uma cidade”.

Castelo de Neuschwanstein (Alemanha)

Neuschwanstein

O Castelo de Neuschwanstein é um palácio do século XIX localizado no sudoeste da Baviera, na Alemanha.

O palácio foi encomendado por Ludwig II da Baviera, e foi utilizado como um refúgio pessoal do rei. Após sua morte, o local foi aberto para o público, e mais de 1,3 milhão de pessoas o visitam anualmente.

Seu estilo romântico serviu de inspiração para o Castelo da Bela Adormecida, na Disneylândia.

Estátua da Liberdade (Estados Unidos da América)

Estatua da Liberdade

A Estátua da Liberdade é uma escultura neoclássica localizada em Liberty Island, na cidade de Nova York, Estados Unidos. Atualmente é um dos maiores símbolos do país e um dos pontos turísticos mais visitados.

Essa estátua, que possui 93 metros de altura, foi um presente do povo da França para os Estados Unidos, sendo projetada pelo escultor francês Frédéric Auguste Bartholdi e construída por Gustave Eiffel.

Conheça mais sobre a Estátua da Liberdade

Stonehenge (Reino Unido)

stonehenge

Stonehenge é um monumento pré-histórico localizado em Wiltshire, Inglaterra. Arqueólogos acreditam que foi construído entre 3000 a.C a 2000 a.C, e o complexo é composto por dois tipos de pedras: as sarsens, que chegam a pesar 44 toneladas, e as bluestones, que pesam cerca de 4 toneladas.

O propósito do Stonehenge continua sendo um mistério para a ciência. Algumas teorias revelam que a construção pode ter funcionado como um antigo calendário, porém outras teorias indicam que o Stonehenge pode ter sido um cemitério pré-histórico ou local de cura.

Conheça mais sobre a história desse monumento

Ópera de Sydney (Austrália)

opera de sydney

A Ópera de Sydney é um centro de artes cênicas localizado na cidade de Sydney, na Austrália. Nele, ocorrem mais de 1500 apresentações por ano, com participação de mais de 1,2 milhão de pessoas.

O edifício, inaugurado em 1973, foi projetado pelo arquiteto dinamarquês Jørn Utzon, e é considerado um dos mais famosos e distintos do século XX. Em 2007, a Ópera de Sydney se tornou Patrimônio Mundial da UNESCO.

Tombuctu (Mali)

Tombuctu

Tombuctu é uma cidade histórica localizada em Mali, no oeste da África. A cidade é a capital da região de Tombuctu, e continua sendo habitada.

A cidade tornou-se parte do Império do Mali no início do século XIV, sendo uma grande área de comércio de sal, marfim, ouro e escravos. Em sua época de ouro, Tombuctu foi considerada um centro acadêmico na África, pelo seu importante comércio de livros.

Quais são as 7 maravilhas do mundo antigo?

Na Antiguidade, os gregos estabeleceram a primeira lista das maravilhas do mundo. Atribui-se esse esforço de listar as obras mais incríveis, belas e majestosas já produzidas pela humanidade ao poeta grego Antípatro de Sídon, que viveu no século II a.C. Das 7 obras humanas listadas por ele, apenas uma, a Grande Pirâmide de Gizé, resistiu à passagem do tempo.

1. Grande Pirâmide de Gizé (Egito)

Grande Pirâmide de Gizé

Das centenas de pirâmides que existem no Egito (algumas ainda de pé, outras em ruínas), esta é a maior de todas. Trata-se de um túmulo (sim, pirâmides são túmulos!) construído provavelmente no ano de 2.584 a.C. para abrigar os restos mortais do faraó Quéops. Ela é formada por 2,6 milhões de blocos de pedra, tem 230 m de largura e 145 m de altura, o que equivale a um prédio de 14 andares.

Por se tratar da única maravilha antiga ainda de pé, foi eleita maravilha honorária.

Leia também:

Pirâmides do Egito: 8 coisas que você precisa saber sobre essas maravilhas do Antigo Egito

Conheça agora como foram feitas as pirâmides do Egito e outros mistérios da humanidade.

2. Estátua de Zeus em Olímpia (Grécia)

Estátua de Zeus em Olímpia
Representação da estátua feita por Antoine de Quincy em 1815.

Com mais de 12 metros de altura, essa enorme estátua de marfim e ouro, representando o deus supremo na Antiga Grécia, devia ser uma obra realmente magnífica. Ela foi construída no ano 430 a.C. sob supervisão do mestre escultor Phidias. A estátua ficava no antigo templo construído em homenagem a Zeus, na cidade de Olímpia, na Grécia. Peregrinos de todo o Mediterrâneo iam até lá pedir proteção ao pai dos deuses.

3. Jardins Suspensos da Babilônia (Iraque)

Jardins Suspensos da Babilônia
Como o artista Ferdinand Knab imaginou os Jardins Suspensos da Babilônia, em 1886.

Esta é a única maravilha desta lista que ainda é contestada por algumas pessoas. Não se sabe ao certo sua localização, nem se de fato existiu. A versão mais corrente e mais aceita é a de que os jardins teriam sido construídos durante o reinado de Nabucodonosor II (605-562 a.C.) na antiga capital do Império Babilônico, localizada a 80 km de Bagdá, capital do atual Iraque. Os jardins teriam função meramente ornamental e, segundo o historiador Diodorus Siculus, chegava a 20 m de altura.

4. Templo de Ártemis (Turquia)

templo de ártemis

Construído no século VI a.C., esse templo ficava na colônia grega de Éfeso, na costa leste da Ásia, onde hoje fica a Turquia. Ártemis, chamada de Diana pelos romanos, é a deusa grega da Lua, da castidade, da fertilidade e da caça. Ela era especialmente adorada em Éfeso, onde se construiu esse colosso de quase 130 metros de comprimento e 69 metros de largura. Suas colunas mediam quase 20 metros de altura. O templo foi destruído por incêndio e reconstruído mais de uma vez. Sua demolição definitiva ocorreu no século V d.C.

5. Mausoléu de Halicarnasso (Turquia)

Mausoléu de Halicarnasso
Representação de 1886 do mausoléu, por Ferdinand Knab.

O nome "mausoléu" (que significa tumba grandiosa) vem justamente daí. Isso porque o ocupante dessa estrutura impressionante de mármore foi Mausolo, um governador de província no antigo Império Persa, e seus descendentes. A tumba, concluída no ano 350 a.C., tinha cerca de 45 metros de altura e era cercada por 36 colunas. Ficava na antiga cidade de Halicarnasso.

6. Colosso de Rodes (Grécia)

Colosso de Rhodes
Desenho feito em 1745 representando a capital da ilha grega de Rodes e a grande estátua.

Já assistiu à série Game of Thrones? Se sim, certamente se lembra da enorme estátua que guardava o porto da cidade de Bravos. Pois saiba que o que influenciou o criador da ficção foi o Colosso de Rodes, uma das 7 maravilhas do mundo antigo. Essa gigantesca estátua representando Hélios, o deus que personificava o Sol na mitologia grega, tinha 33 metros de altura e ficava na entrada do porto da cidade de Rodes, na Grécia.

Quer saber mais sobre o Colosso de Rodes? Leia: Conheça o Colosso de Rodes, uma das Maravilhas do Mundo Antigo

7. Farol de Alexandria (Egito)

Farol de Alexandria

Foi essa maravilha do mundo antigo que deu origem ao nome "farol". Isso porque esse enorme farol de incríveis 100 metros de altura (ou mais) ficava na ilha de Faros, localizada no delta do rio Nilo. Desde então, toda estrutura com essas características e a função de guiar embarcações receberam o nome de "farol". Construído no século III a.C., o farol dos faróis ficava no porto da cidade egípcia de Alexandria e ficou de pé por 1600 anos! Virou ruínas só no século XIV, após alguns terremotos devastadores.