Seria Vênus um lugar melhor para colonizar do que Marte?


Quando o assunto é colonização de outros planetas, existe uma enorme disparidade entre a atenção que Marte e Vênus recebem, tanto de agências espaciais ao redor do mundo quanto na cultura popular.

Mas se existem evidências de que Vênus poderia ser habitável, que ele é mais semelhante à Terra, e está a milhões de quilômetros mais perto, por que não estamos interessados em colonizá-lo?

O que Vênus tem a nos oferecer?

Exploração de Venus

Neste momento, temos os governos dos EUA e da China interessados em enviar missões tripuladas a Marte. Bilionários, como Elon Musk, estão investindo um bom dinheiro para terem sua própria espaçonave, e a NASA até começou a procurar potenciais colonos.

Por outro lado, não há discussões sobre missões tripuladas a Vênus. O que é meio estranho, quando consideramos que Vênus possui uma série de fatores que a faz muito mais habitável do que o planeta vermelho.

Distância desde o Planeta Terra

Vênus está mais que 14 milhões de quilômetros mais próximo da Terra do que Marte. Então, uma viagem de ida e volta da Terra para Vênus seria 30 a 50 por cento mais rápida do que seria para o planeta vermelho.

Se pensarmos em quanto alimento, combustível e tempo isso economizaria, Vênus fica em grande vantagem, até porque se desejamos colonizar outro planeta, teríamos que levar a maioria dos materiais necessários daqui.

Atmosfera e proximidade ao sol

Vênus também está mais perto do Sol, nos dando 4x mais potencial de energia solar que Marte. Além disso, sua atmosfera espessa ofereceria aos humanos uma defesa muito melhor à radiação solar e aos meteoritos do que a camada protetora de Marte.

Além disso, a atmosfera de Vênus é feita principalmente de dióxido de carbono, que, depois de filtrado a partir de ácido sulfúrico, pode ser usado para cultivar alimentos. 

Gravidade parecida

A gravidade de Marte é apenas 0,38 vezes a da Terra, podendo causar os mesmos problemas de descalcificação óssea e a perda do tônus muscular experimentado pelos astronautas que vivem em um ambiente de microgravidade.

Em contraste, Vênus tem um tamanho e massa parecida com a da Terra, resultando em uma gravidade superficial muito similar (0,904 g). Isto provavelmente seria suficiente para prevenir os problemas de saúde associados à falta de peso.

Então porque não colonizamos Vênus?

Superfície de Marte
A superfície de Vênus é de cerca de 426º graus Celsius

Quando pensamos em colonizar um planeta, pensamos logo em sua superfície, afinal, estamos acostumados com esse modo de viver na Terra.

Mas isso seria impossível em Vênus, visto que por causa do seu grande efeito estufa, sua superfície se assemelha ao que pensamos como um inferno. Um lugar com vulcões ativos, explosões, uma temperatura de cerca de 426ºC e pressões atmosféricas 90 vezes mais fortes que a do nosso planeta.

Isso seria um grande motivo para abandonarmos de vez a ideia de irmos para Vênus. Porém, estudos na NASA afirmaram que a atmosfera 50 quilômetros acima do solo de Vênus seria mais adequado para os humanos, com pressão, densidade, gravidade e proteção contra radiação semelhantes à superfície da Terra.

Além disso, nessa altitude, a temperatura do planeta cairia para cerca de 75ºC, o que é apenas 17 graus mais quente do que a temperatura mais alta registrada na Terra.

Essa temperatura ainda parece muito alta, mas atualmente já temos trajes usados por bombeiros que suportam até 800º C. Então, usando as vestimentas certas, seria sim possível viver nessa temperatura. 

Desse modo, começou-se a pensar na possibilidade da construção de cidades flutuantes em sua atmosfera.

Nosso futuro seria nas nuvens?

Projeto HAVOC
Projeto HAVOC, da NASA, prevê cidades flutuantes

Já em 1971, cientistas soviéticos sugeriram abordagens diferentes, afirmando que, em vez de tentar colonizar a superfície hostil de Vênus, os humanos deveriam tentar colonizar sua atmosfera.

Mais tarde, um estudo interno da NASA planejou uma missão conceitual para Vênus, conhecida como HAVOC (sigla para Conceito Operacional de Alta Altitude em Vênus, em inglês). Esse projeto desenvolveu a ideia de uma cidade flutuante, com zepelins tripulados pairando na atmosfera do planeta.

Mas até onde essa ideia é viável?

Colonização de Marte

A teoria sobre essas cidades flutuantes faz parecer que seja fácil, mas caso aconteça algum problema, não haveria nenhum lugar para pousar com segurança. Além disso, com uma gravidade quase igual a da Terra, não seria possível se lançar de volta à órbita.

Em contraste, a gravidade mais leve de Marte significa uma maior oportunidade de abortar uma missão ainda em órbita. E caso você errar a localização da sua pista de pouso, você vai continuar pousando em uma superfície, e não em um abismo infernal.

E mesmo depois dos colonos estarem estabilizados nas cidades, ainda há muito a ser dito sobre viver em terra firme, e não pairando sobre uma superfície hostil. Se qualquer coisa cai de sua mão, você pode simplesmente se abaixar e pegar, ou mesmo se você cair, não terá muitos problemas quanto a isso. O mesmo não acontece nas cidades flutuantes, onde qualquer deslize pode representar o fim.

Isso coloca novamente na balança se devemos mudar nosso foco sobre o próximo planeta a ser colonizado. E você, o que pensa sobre isso, seria Vênus uma melhor opção?