Como os Incas construíram Machu Picchu?


A história da humanidade é cheia de obras grandiosas, e a construção de algumas delas continua um mistério para nós, como a cidade Inca de Machu Picchu, Stonehenge e as Pirâmides de Gizé.

A cidade pré-colombiana de Machu Picchu é um símbolo do Império Inca e atualmente o destino turístico mais visitado do Peru. O local, construído em torno de 1450 AC, foi designado Patrimônio Mundial da UNESCO em 1983, e nomeado uma das novas Sete Maravilhas do Mundo em 2007.

O que foi a cidade de Machu Picchu?

Machu Picchu

Segundo o arqueólogo americano Gary Ziegler, Machu Picchu era um santuário religioso dos Incas. A cidade foi construída com uma forma semelhante a um pássaro, mais precisamente, na forma de um Condor, que é um de seus animais sagrados.

Machu Picchu também foi um observatório astronômico, e o seu relógio solar Intihuatana indica com precisão os dois equinócios. Duas vezes por ano, o sol fica exatamente sobre a pedra.

A localização estratégica da cidade

A cidade está situada a 2.450 metros acima do nível do mar, nos Andes peruanos, em uma área que era densamente coberta de florestas e cheia de cobras venenosas, conhecida como Vilcabamba.

Apesar de muitos acharem que Machu Picchu é o nome da cidade, esse é nome dado à montanha onde ela está situada, que traduzido da linguagem Quéchua significa Velha Montanha.

Esse local era um ponto estratégico, pois de lá os Incas podiam observar o que está acontecendo abaixo, no Vale Urubamba, e permaneciam cercados pelo rio que corre ao redor da montanha.

Essa localização garantia certa proteção à cidade, visto que os Incas podiam observar potenciais forças inimigas se deslocando no vale, porém os que estavam embaixo não poderiam ver a cidade escondida na montanha.

A cidade de Machu Picchu também é frequentemente referida como "cidadela”, que é nome dado às fortalezas construídas em pontos estratégicos de cidades, porém Machu Picchu não foi construída para propósitos militares. O isolamento e a forma como foi planejada e construída refletem claramente um uso civil.

As técnicas de construção da cidade

Construção Inca
As pedras eram cortadas e encaixadas com perfeição

Os projetos de engenharia civil desse povo eram incrivelmente avançados, especialmente se considerarmos uma sociedade que não utilizava animais de carga, ferramentas de ferro ou rodas.

As estruturas de Machu Picchu foram construídas com uma técnica chamada Ashlar, onde as pedras são cortadas para se encaixar sem nada que as ligue. O corte era feito com tanta precisão e as rochas encaixadas tão perfeitamente que nem mesmo um cartão de crédito pode ser inserido entre elas.

O principal material utilizado na construção da cidade foram pedras de granito, que mesmo hoje em dia são difíceis de serem cortadas, e são extremamente pesadas.

Apesar disso, acredita-se que eles não tiveram grandes dificuldades para construir os blocos de pedra, pois o material para a construção foi extraído do próprio local onde a cidade foi erguida. Além disso, a maioria das pedras utilizadas na cidade de Machu Picchu eram pequenas, se comparadas com as construções de Ollantaytambo e Sacsayhuamán.

Além dos benefícios estéticos deste estilo de construção, existe uma outra grande vantagem. O Peru é um país sismicamente instável: Lima e Cusco foram nivelados por terremotos, e a própria cidade de Machu Picchu foi construída em cima de duas falhas geológicas.

Por causa desse tipo de construção, quando ocorre um terremoto os tremores fazem com que as pedras dos edifícios saltem, mas depois elas voltam para o mesmo lugar. Sem este método, muitos dos edifícios mais conhecidos de Machu Picchu teriam entrado em colapso há muito tempo.

Os prédios de Machu Picchu

Cerca de 140 edifícios foram erguidos em Machu Picchu. A maioria são casas, alguns templos, mas também há depósitos de alimentos, fontes de água, uma prisão e até mesmo uma casa de guarda à beira da cidade.

Apesar dos historiadores estimarem que cerca de 5.000 pessoas trabalharam para construir Machu Picchu, a cidade só poderia acomodar entre 750 a 1.000 habitantes.

Escada Machu Picchu
As escadas eram lapidadas em grandes rochas

Além dos edifícios, a cidade de Machu Picchu é repleta de escadas. Estima-se que existam mais de 100, e algumas delas com mais de 100 degraus, e a maioria dessas escadas foram esculpidas em uma única peça de granito. Esse modo complexo de construção fez com que as escadas da cidade fossem bem mais resistentes ao longo do tempo.

Já todos os telhados da construção não aguentaram muitos anos, pois eram feitos apenas de grama e galhos.

Os Aquedutos e sistema de irrigação de Machu Picchu

Caminho da água
O caminho da água era esculpido na pedra

Água potável, balneares e até mesmo a irrigação dos terraços agrícolas eram assegurados pelo sistema engenhoso feito pelos Incas!

As vias navegáveis e os sistemas de irrigação passavam entre os edifícios e pelas margens da cidade, e muitas dessas instalações ainda estão funcionando, mesmo possuindo aproximadamente 600 anos.

Como podem ver, apesar da cidade de Machu Picchu ser construída pelos Incas no século XV, ela foi extremamente bem planejada e cada detalhe bem pensado. E para quem quiser visitar essa nova maravilha do mundo, aproveite, pois a antiga cidade Inca é aberta à visitação.