7 características que tornam o Bitcoin diferente de todas as outras moedas


A integração do mundo financeiro com a Internet tem aumentado a cada dia. Hoje, além de operações bancárias e pagamentos que podem ser negociados online, também existem novas moedas que foram criadas virtualmente.

O Bitcoin é o primeiro exemplo dessa nova e crescente categoria de dinheiro conhecida como criptomoeda. Ele é uma forma de moeda virtual, criada e negociada eletronicamente, e utiliza da criptografia para manter sua segurança e validade.

Apesar dele também possuir um valor e poder ser trocado por Reais, Dólares, ou qualquer outro tipo de moeda física, existem inúmeras diferenças entre esses dois tipos de dinheiro. Veja então 7 fatos que explicam de forma simples o que torna o Bitcoin diferente das moedas convencionais.

1. O Bitcoin só existe de forma virtual

Código Bitcoin

Os Bitcoins não são impressos como as moedas tradicionais, porque ele é um código. Ele pode ser trocado por outras moedas convencionais, como o dólar, ou o euro, mas apenas em transações digitais.

Assim, toda operação realizada com ela, como compras, vendas e trocas, é feita por meio de certas plataformas online. No Brasil, o uso de Bitcoin tem começado a se popularizar, e já existem diversas dessas plataformas, como o Mercado Bitcoin, Bitcointoyou e a Foxbit.

O Bitcoin também pode ser usado para comprar coisas eletronicamente. Nesse sentido, é como as moedas convencionais, como o Real, que também é utilizado no comércio digital.

2. Qualquer um pode criar Bitcoins

Em todo o mundo, pessoas estão usando programas de software que seguem uma fórmula matemática para produzir Bitcoins. Essa fórmula é disponível de forma livre, para que qualquer pessoa possa utilizá-la.

O software utilizado também é de código aberto, o que significa que qualquer um pode analisá-lo para garantir que ele está fazendo o que deveria fazer.

3. O Bitcoin é descentralizado

Descentralizado

Nas moedas tradicionais, existe sempre um banco por trás que a controla, e o aumento e queda do seu valor tem base no mercado global. Já o Bitcoin desafia tudo isso! A rede Bitcoin não é controlada por uma autoridade central, e toda máquina que mina Bitcoin e processa transações faz parte dessa rede.

Isso significa que, em teoria, uma autoridade central não pode mexer com a política monetária, ou simplesmente decidir tirar os Bitcoins das pessoas, como já aconteceu algumas vezes na história. Ou seja, não há nenhum grande banco controlando seu dinheiro.

Além, disso, caso alguma parte da rede fique offline por algum motivo, o dinheiro continua fluindo.

4. É completamente transparente

O Bitcoin é uma moeda completamente transparente em suas transações e valores. Ele armazena detalhes de cada transação que já aconteceu na rede em um grande livro geral, chamado de Blockchain, uma cadeia de blocos que liga a todos.

Se você tem um endereço de Bitcoin de uso público, qualquer um pode dizer quantos Bitcoins estão armazenados nesse endereço. Apesar disso, os usuários podem armazenar vários endereços de Bitcoin e eles não estão vinculados a nomes, endereços ou outras informações de identificação pessoal. Desse modo, apesar de transparente, o Bitcoin também permite uma certa anonimidade.

Algumas pessoas utilizam certas medidas para tornar suas atividades mais opacas na rede Bitcoin, como não usar sempre os mesmos endereços e não transferir muitos Bitcoins para um único endereço.

5. Você pode enviar dinheiro com taxas muito baixas ou nenhuma taxa

Se você está no Brasil e deseja enviar dinheiro para um amigo nos Estados Unidos, provavelmente teria que pagar taxas de transferência bancária, taxas de conversão de moeda e algumas outras, dependendo do seu banco. Além disso, seu amigo poderia ter que esperar alguns dias antes que o dinheiro estivesse disponível.

Já em uma transferência de Bitcoins, existem poucas ou nenhuma taxa de transação, e o dinheiro fica disponível quase que instantaneamente para a outra pessoa.

6. Bitcoins são códigos que não tinham nenhum valor inerente ou definido

Valor Bitcoin

Ao olhar uma nota de dois reais, você verá um pedaço de papel com um número e algumas imagens, dizendo que vale "R$ 2,00", mas na verdade, ele só tem esse valor porque dizemos que tem. Os Bitcoins começaram a valer como dinheiro pelo mesmo motivo.

Esses códigos valem dinheiro simplesmente porque as pessoas dizem que valem, e desejam trocar bens ou serviços reais por eles.

7. Você não pode reverter uma transação ou ser forçado a pagar.

Uma das grandes características dos Bitcoins é que você nunca pode ser forçado a pagar, nem pode recuperar uma transação. Quando seus Bitcoins são enviados à alguém, não há como recuperá-los, a menos que o destinatário os devolva para você.

Agora que já viu as diferenças entre o Bitcoin e as outras moedas, ficou com vontade de usar essa nova forma de dinheiro? Veja então algumas curiosidades sobre essa criptomoeda.