10 coisas estranhas e costumes curiosos que você só vê no Japão


O Japão é um país único, capaz de unir tradições milenares à uma tecnologia super desenvolvida.

As condições geográficas e naturais desfavoráveis do país tornaram o Japão um país extremamente inventivo e eficiente. Mas às vezes, a criatividade dos japoneses e o avanço tecnológico vão um pouco longe demais, deixando o mundo ocidental um pouco chocado com certas coisas e atitudes, como as que você vai ver agora!

1. Hotéis cápsula

Hotéis cápsula

Alguma vez você já quis um lugar para dormir enquanto viaja, mas não precisava de todas as comodidades que existem em um hotel tradicional? O Japão apresentou uma resposta para essas situações.

Os hotéis cápsula são exatamente o que o nome indica: quartos com tamanho suficiente para caber apenas uma cama e talvez uma pequena televisão. As cápsulas são empilhadas como armários, geralmente possuem Wi-Fi e custam cerca de 15 a 30 dólares por noite.

Máquinas de venda automática, lanchonetes e banheiros ficam em áreas públicas, economizando espaço e permitindo que os hotéis coloquem até 700 cápsulas em áreas bem pequenas. A maioria dessas instalações serve apenas para homens, embora alguns poucos hotéis ofereçam pisos separados para mulheres.

2. Frutas em formatos exóticos

Melancia quadrada

O Japão é famoso por suas frutas em formatos exótico, como as melancias quadradas, em forma de coração, ou mesmo de bombas. E essas frutas não são nada baratas! A icônica melancia quadrada, por exemplo, pode custar cerca de 125 dólares.  

Algumas dessas frutas precisam de anos até chegar na sua forma correta, e para isso, a fruta deve ser cultivada em recipientes ou moldes especiais. Algumas melancias em forma de coração demoram até três anos para ficarem prontas.

3. Empresas com salas de banimento

Salas de banimento

Muitos países têm leis trabalhistas fortes que impedem as empresas de despedir funcionários sem uma boa razão. No Japão, isso gerou um problema para as grandes empresas, que querem se livrar de certas pessoas, mas não podem demiti-las sem pagar grandes valores em benefícios.

A solução que muitas empresas acabam adotando, incluindo grandes nomes como a Panasonic, Sony e Toshiba, é usar salas de banimento. Os funcionários são enviados para fazer tarefas que não servem para nada ou que sejam incrivelmente chatas. Um exemplo de atividade é pedir que a pessoa olhe para um monitor de TV por até 10 horas por dia.

As empresas que usam essa tática esperam que a pessoa fique tão incomodada de realizar um trabalho banal que decida sair. E uma renúncia voluntária faz com que o funcionário não tenha mais direito aos benefícios, salvando o dinheiro da empresa.

4. Adoção de adultos

Adoção adutos

A adoção é realizada em todo o mundo, porém o tipo de adoção no Japão é completamente diferente. Um número incrível de 98% de todas as adoções no Japão envolvem adultos de 20 a 30 anos, sendo homens a sua grande maioria.

Se o proprietário de uma empresa familiar não tiver um filho para manter vivo o nome da família, ele encontrará um herdeiro adequado, que será adotado por ele. Isso também pode acontecer caso o pai considere que seu filho é incapaz de administrar o negócio.

Empresas como Suzuki, Toyota e Canon realizaram essa prática, que se chama mukoyoshi.

5. Dormir no trabalho

Inemuri

Ser pego cochilando no trabalho é algo que costuma gerar problemas. A maioria dos chefes não ficaria satisfeito de entrar na sua sala e ver você dormindo, enquanto eles estão te pagando para trabalhar. No entanto, esta ação, que é conhecida como inemuri, é completamente aceitável no Japão.

O costume diz que se você estiver dormindo no trabalho, significa que você trabalhou com tanto esforço que não conseguiu dormir o suficiente em casa. Isso leva os empregadores a acreditar que o trabalhador está exausto porque ele é incrivelmente dedicado ao seu trabalho.

A prática tem resultados tão positivos que algumas pessoas até fingem estar dormindo para ganharem vantagem.

6. Máquinas de venda automática que vendem mais do que Coca-Cola

Máquinas automáticas

À primeira vista, a maioria das máquinas de venda automática japonesas não são muito diferentes das encontradas em outras partes do mundo. O que as torna tão notáveis são a sua quantidade e os produtos bizarros que você consegue achar.

Você pode encontrá-las em todos os lugares, desde templos antigos até o topo do Monte Fuji, e com uma seleção de produtos que vão desde ovos frescos e lagostas, até guarda-chuvas e roupas íntimas.

7. Cirurgia para entortar os dentes

Sorriso Japão

Em todo o mundo, ter dentes que não são perfeitamente alinhados é visto como um sinal de imperfeição, e mesmo crianças já são encorajadas a colocar aparelhos para corrigir seus dentes. No entanto, nos últimos anos, uma nova mania cresceu no Japão, onde as pessoas fazem exatamente o oposto.

Muitas mulheres e meninas estão fazendo uma cirurgia estética em seus dentes para torná-los mais tortos, e com os caninos mais saltados para fora. Esse procedimento pode custar cerca de R$ 1200, e algumas clínicas dentárias também oferecem versões temporárias para os caninos, que os pacientes podem remover mais tarde.

8. As próprias crianças limpam sua escola

Crianças japonesas

As crianças do Ocidente costumam ver pessoas dedicadas a limpeza e manutenção em suas escolas. Afinal, é um trabalho necessário devido à bagunça que as crianças geralmente fazem.

No entanto, esse não é o caso no Japão. Em vez de empregar alguém para limpar o lixo de outras pessoas, as escolas ensinam os alunos a limparem eles mesmos a bagunça que fazem. O tempo dedicado é reservado para que as crianças trabalhem juntas limpando as salas de aula, esfregando os pisos e mantendo o banheiro impecável.

A ideia é que tudo isso ensina um senso de responsabilidade e de trabalho em equipe. Sabendo disso, não é de se espantar que os japoneses tenham trago sacolas e limpado a sujeira deles e de outros torcedores, durante a Copa do Mundo em 2014, no Rio de Janeiro.  

9. Cafés de “conchinha”

Dormir de conchinha

O primeiro Soine-ya, que significa “loja para dormir junto”, abriu em 2012 em Tóquio, permitindo que seus clientes dormissem ao lado de uma garota, pagando um certo valor.

Os clientes, sempre homens, devem pagar uma taxa de entrada de 3.000 ienes, que vale aproximadamente uns 90 reais, e depois eles podem escolher entre uma série de opções, cada uma com um custo diferente. Por exemplo, para a garota olhar para o cliente por um minuto, é cobrada uma taxa de mil ienes. Já para que ela durma com a cabeça no colo do cliente por 3 minutos a taxa é de dois mil ienes.

Apesar da lista grande de opções, não são permitidos pedidos sexuais.

10. Festivais nus

Hadaka Matsuri

Hadaka Matsuri é um festival bizarro envolvendo milhares de homens japoneses, que removem suas roupas em público devido à antiga crença de que um homem nu tem uma maior capacidade de absorver espíritos malignos.

Somente as partes mais íntimas do corpo são cobertas, usando um fundoshi, uma espécie de tanga japonesa.

Conheça agora os principais deuses e criaturas da mitologia japonesa