Deus Hórus: a incrível história da divindade egípcia do céu e da luz


O deus Hórus, reconhecido como o deus do céu, o deus solar, e também o deus dos vivos, é o mais importante da mitologia egípcia.

Sua história envolve dramas familiares, disputas de poder e símbolos de sorte, tudo com muitas surpresas e reviravoltas. Algumas até divertidas :)

Descubra mais sobre esse ícone da mitologia egípcia.

Quem foi o deus egípcio Hórus?

Horús é o deus egípcio do céu. Seu nome quer dizer "aquele que está distante", o que pode ser uma referência tanto à sua função como deus celestial quanto à sua importância acima de todos os outros deuses.

Horus_Hipercultura

Ao longo do tempo, sua história se misturou com a de outros personagens egípcios. Por essa razão, é possível encontrar versões muito diversas a respeito do mito de Hórus, mas uma das mais populares o identifica como filho de Osíris, um deus que já havia morrido quando o concebeu.

A trajetória de Hórus é marcada por muitas batalhas contra seu tio Seth por motivos de vingança (já que o tio havia matado o pai), e também pelo poder no Egito. A influência do deus foi tão marcante que os egípcios acreditavam que todos os faraós eram, na verdade, reencarnações dele.

O (estranho) nascimento de Hórus e o conflito com o tio, Seth

O deus Hórus é filho de dois irmãos gêmeos, Isís e Osíris, que conceberam o filho depois que Osíris já havia morrido.

O que a história conta é o seguinte: os irmãos, apaixonados desde o ventre, governavam juntos o Egito, proporcionando muita prosperidade ao povo. Osíris era o deus da vegetação, e sua amada a deusa da fertilidade. O irmão deles, Seth, era o deus do deserto e sentia inveja de Osíris por causa do seu sucesso e autoridade.

Isis-e-Osíris_Hipercultura
Deus Osíris e Deusa Íris. Fonte: www.descobriregipto.com

Seth, então, mata e esquarteja Osíris, espalhando as partes do seu corpo por todo o Egito. Quando Isís descobre o crime, vai em busca dos restos do seu amado e encontra todos, com exceção do seu órgão genital. O corpo de Osíris é, então, reconstruído pelo deus Anúbis, processo que ficou conhecido como a primeira mumificação. A parte que faltava no copro de Osíris foi substituída por um pênis de ouro.

Sua esposa Ísis, através de magia, é transformada em um pássaro e dessa forma tem relações com o marido morto. A partir daí nasce Hórus, que desde cedo alimenta a vontade de se vingar do tio, Seth.

Saiba mais sobre a história de Osíris, Íris e Hórus e descubra como ela transformou o Egito!

Durante longos anos, Seth e Hórus travaram diversas batalhas para conquistar o poder no Egito. Seth representava o Egito do Sul e Hórus o Egito do Norte. O reinado de Seth era um reinado de terror, e a promessa era de que Hórus estabeleceria um governo de prosperidade sobre o povo.

Curiosidade!

Numa dessas lutas, Íris, a mãe de Hórus, teve a oportunidade de matar Seth e dar a vitória ao filho, mas não o fez. Cheio de raiva, Hórus cortou a cabeça da mãe! Porém, graças aos poderes mágicos de um outro deus, Toth, Íris arranjou uma nova cabeça, mas dessa vez...de vaca.

Hórus em imagens. Saiba mais sobre os símbolos que o deus carrega no corpo

Deus Hórus_Hipercultura._

1. Hórus possuía corpo em forma humana e cabeça de falcão. O falcão foi um dos primeiros animais do Egito a ser adorado como deus. Acreditava-se que ele, que estava próximo do sol e do céus, iluminava a terra. Por isso, através da cabeça de falcão, Hórus é também visto como o deus do céu, responsável pelo nascimento dos dias.

2. A divindade usava na cabeça uma coroa dupla vermelha e branca, simbolizando o Baixo e o Alto Egito, respectivamente.

3. Seu olho direito representava o sol, símbolo de poder. E o esquerdo a lua, símbolo da cura. O olho esquerdo de Hórus viria a se tornar um amuleto, conhecido como olho de Hórus, considerado protetor do mal.

4. Em algumas representações, Hórus carrega a cruz de ansata, um símbolo que os egípcios acreditavam ser a chave da vida eterna.

Também é possível encontrar representações de Hórus como um falcão com a coroa dupla na cabeça.

Hórus Falcão_Hipercultura
Hórus, deus falcão. Fonte: Wikipedia

Olho de Hórus, o símbolo egípcio de sorte e proteção

A história sobre o símbolo do olho de Hórus está ligada a uma das batalhas entre Hórus e Seth, quando o deus egípcio foi atingido pelo tio no olho esquerdo.

O olho foi curado pelo deus Toth e a partir daí os egípcios começaram a associar esse processo de cura às fases da lua.

Olho de Hórus_Hipercultura

O olho foi curado pelo deus Toth e a partir daí ficou conhecido como 'olho de hórus', representado pelo desenho acima e considerado pelos egípcios como um verdadeiro amuleto, símbolo de sorte.

Por causa dessa crença, o olho de hórus começou a ser usado na coroa de todos os faraós, para garantir que eles estariam seguros.

Edfu, o templo de Hórus

A popularidade de Hórus fez com que ele fosse adorado no Egito durante muito tempo. Em homenagem a Hórus, foi construído, 100 a.C, o Templo de Edfu, um dos mais preservados do Egito, onde é possível encontrar diversas representações nas paredes referentes às batalhas e à vida da divindade.

Você pode conferir um pouco do templo por dentro aqui nas imagens do vídeo abaixo:

Gostou? Você pode aprender ainda mais sobre mitologia egípcia, descobrindo a história dos 14 principais deuses aqui!