Conheça os principais deuses da mitologia Nórdica


A mitologia nórdica e seus deuses têm sua origem nas tribos germânicas setentrionais do século IX dC. Suas histórias foram passadas em forma de poesia entre os séculos 11 e 18, e apenas depois disso elas foram transcritas nos Eddas e outros livros.

Os deuses desta mitologia podem ser divididos em dois grupos: os Æsir, relacionados ao caos e à guerra, e os Vanir, que são associados à natureza e à fertilidade. Os Æsir habitam Asgard, um dos nove reinos da mitologia nórdica, enquanto os Vanir vivem em Vanaheim.

Esses deuses frequentemente dividem mitos e histórias com os Jötunn, ou gigantes. Como as histórias eram repassadas principalmente de forma oral, não se sabe ao certo quantos deuses existiram no panteão nórdico, porém, alguns deles se destacaram se tornando muito conhecidos até hoje. 

Odin - O pai dos deuses

Odin

Odin é considerado o pai de todos os deuses e governante de Asgard - o reino dos Æsir. Odin também é o deus da guerra e da batalha, da música, da mágica e poesia.

Odin é filho de Borr e da gigante Bestla. Ele possui dois irmãos, chamados de Vili e Ve, e juntos eles criaram o mundo. Esse deus também possui pelo menos quatro filhos, de diferentes parceiras, sendo que o mais conhecido deles é Thor.

Entre os seus muitos poderes, Odin tem a capacidade de se transformar no que ele quiser, e sua voz é tão suave que tudo que ele diz é considerado como verdade.

Segundo o mito, esse deus cavalga para a batalha em seu cavalo de oito pernas chamado Sleipnir. Em sua mão, ele empunha sua lança forjada pelo anão Gungnir, conhecida por nunca errar seu alvo.

Hugin e Munin

Dois corvos se sentam a lado de Odin em seu trono. Eles são uma parte espiritual dele mesmo, e se chamam Hugin e Munin, que significa “pensamento” e “memória”.

Os corvos são enviados pela manhã para sobrevoar os nove reinos, e a noite eles voltam e sussurram tudo que viram e ouviram para Odin.

Frigg - A deusa da fertilidade

Frigga

Frigg é a deusa-mãe, relacionada ao casamento, à família e à maternidade. Ela é a esposa de Odin, e governa ao seu lado sobre os Æsir, sendo a única autorizada a se sentar com ele no trono e olhar através dos nove reinos. 

Frigg tem dois filhos com Odin, chamados Balder e Hod, e apesar de ter o poder da profecia, Frigg nunca revela o futuro à ninguém. 

Thor - O deus do trovão

thor

Thor é o Deus do Trovão, sendo encarregado de proteger tanto Asgard quanto Midgard, o reino dos humanos.

Thor é filho de Odin e Jörð, a personificação da Terra. Ele é fisicamente o mais forte dos deuses Æsir, porém ele não é muito sábio, por isso os gigantes e outros deuses o enganavam sempre que podiam.

Esse deus costuma viajar em uma carruagem puxada pelas duas cabras, chamadas Tanngrisnir e Tanngnjóstr. As rodas de sua carruagem criam faíscas, que os humanos em Midgard chamam de relâmpago.

Atualmente, Thor é o mais conhecido dos Deuses Nórdicos, graças aos filmes da Marvel e seu super-herói baseado nele.

Mjölnir: o martelo de Thor

martelo thor

O martelo de Thor é um dos maiores símbolos da mitologia nórdica, representando força, proteção, integridade e tradição.

Seu nome significa relâmpago, e seu poder é capaz de nivelar montanhas. Segundo o mito, somente Thor tinha a força suficiente para empunhá-lo.

O martelo de Thor era tão importante que foi usado como amuleto de proteção por muitos vikings.

Tyr - O deus da guerra

deus tyr

Týr é o patrono da justiça é por isso decide quem vence as batalhas. Ele também é frequentemente considerado o Deus da Guerra e da Paz. 

Týr é visto como o mais corajoso de todos os deuses, e mostrou sua bravura quando teve que colocar sua mão na boca do lobo Fenrir, de modo a distraí-lo enquanto os outros deuses o amarravam em uma pedra. Quando Fenrir percebeu o que estava acontecendo, ele mordeu Týr, arrancando sua mão. 

Loki - O pai das mentiras

deus loki

Loki é conhecido como o deus da trapaça, da mentira e traição. Considerado "pai dos monstros", foi Loki quem gerou criaturas como o lobo Fenrir, a serpente Jörmungandr, e Sleipnir, o cavalo de oito pernas de Odin. Ele também é o pai da Deusa Hel, a rainha do submundo.

Devido à seus truques e mentiras, Loki não é considerado um dos Æsir. Ele pode assumir qualquer forma que quiser, e entre seus atos de maldade, ele causou a morte de Balder.

Diferentemente da mitologia, nos quadrinhos Loki é conhecido como irmão adotivo e inimigo de Thor.

Balder - O deus da luz

Balder

Balder é o deus da luz e da pureza, considerado o mais amado entre os deuses e louvado por sua beleza e graça. Ele é filho de Odin e Frigg, e irmão gêmeo de Hod, o deus cego.

Um dos maiores mitos nórdicos conta a morte de Balder, quando Loki engana seu irmão Höðr. Segundo a lenda, após Balder sonhar com sua morte, Frigg exige que todos os seres dos nove reinos jurassem nunca o machucar. Todos o fazem, menos o visco, e quando Loki descobre isso, ele convence Hod a atacar seu irmão com uma lança feita desta planta.

O coração de Balder é perfurado e ele é levado para o mundo dos mortos. Porém, a mitologia nórdica conta que durante o Dia do Julgamento (Ragnarok), o submundo irá se abrir. Então, Balder e Hod governarão juntos sob os nove reinos.

Vidar - O deus da vingança

Vidar

Vidar é o segundo mais forte de todos os Æsir, filho de Odin e da gigante Grid. Apesar de toda sua força, ele é um deus pacífico, que vive em um grande salão em Asgard chamado Vidi.

Vidar é um dos poucos deuses que irá sobreviver ao Ragnarok. É ele quem vinga a morte de seu pai, matando o temível lobo Fenrir.

Vali - O deus arqueiro

Vali

Vali é o filho mais novo de Odin e da gigante Grid, sendo concebido com o propósito de matar Höðr, vingando a morte de Balder.

Vali representa a luz do dia, que se torna mais forte com o fim do inverno. Geralmente ele é representado como um arqueiro, e suas flechas são raios de luz. Ele é outro deus que irá sobreviver ao Ragnarok.

Bragi - Deus da poesia

Bragi

Bragi é o deus da poesia e da música, sendo nomeado por Odin como o poeta de Valhalla, que contaria as façanhas realizadas pelos deuses. Seu nome vem da palavra Bragr, que significa poesia.

Bragi é casado com a deusa da juventude, Idunn, e costuma ser representado com uma longa barba, e runas esculpidas em sua língua.

Muitos poetas vikings receberam seu nome, sendo Bragi Boddason o mais conhecido entre eles. Este serviu muitos reis, dentre eles o famoso Ragnar Lodbrok.

IÐun - Deusa da juventude

Idun e a maça

Ao contrário dos deuses de outras mitologias, os deuses nórdicos não são imortais; eles precisam comer de um fruto que garante sua longevidade. Esse fruto é distribuído por Idun, a deusa da juventude, e seu nome significa "o rejuvenescedor ".

Esse fruto é frequentemente representado como uma maça dourada, e Idunn é a guardiã do pomar sagrado onde elas crescem. 

Hela - Deusa do submundo

deusa hela

Deusa do submundo, também chamado Helheim, Hel era filha de Loki e da gigante Angrboda. Era sua função julgar e decidir o destino das almas que entravam em seu reino, e dentro dele, ela é mais poderosa até mesmo que o próprio Odin.

A maioria dos poemas vikings a retrata como sendo parcialmente decomposta, possuindo um rosto e corpo de mulheres vivas, mas com as pernas de um cadáver. 

Hel é conhecida por ser uma deusa gananciosa e caprichosa.

Njord - Deus protetor dos navegantes

njord

Njord é membro dos Vanir, e não dos Æsir. É considerado deus dos ventos, dos navegantes, das águas interiores e da riqueza. Njord foi um dos deuses enviados a Asgard como prova de trégua, após o fim da guerra entre os Vanir e os Æsir. 

Ele é pai de Freyr e Freyja, concebendo-os com sua irmã Nerthus.

Freyr - Deus da abundância

freyr

Um dos mais venerados e amados dos deuses nórdicos, Freyr, juntamente com sua irmã gêmea Freya, pertencia à tribo Vanir dos deuses nórdico.

Freyr é considerado a principal das divindades quando se tratava de fertilidade, seja em âmbitos da natureza ou sexuais. Ou seja, ele era relacionado tanto às colheitas, quanto à própria virilidade. Por isso, Freyr era alvo de adoração em ritos matrimoniais e celebrações de colheitas.

Geralmente ele é representado como um deus forte, com um grande falo. Ele também foi associado aos elfos, uma vez que vivia em Alfheim, a terra natal destes.

Freya - A deusa do amor

Freya

Apesar de inicialmente pertencer à tribo Vanir, após a guerra ela foi enviada para Asgard, se tornando uma das Æsir. Freya tinha a capacidade de manipular os desejos e a fortuna das pessoas, e também era considerada como a governante do reino da vida após a morte, Folkvang.

Essa deusa era muitas vezes representada como buscadora do prazer e do desconhecido, sendo acusada por Loki de ter dormido com todos os deuses e elfos.  

Forseti - Deus da justiça

Forseti

Forseti é o deus de Justiça e porta-voz da lei, e por isso era o responsável por decidir o resultado das batalhas entre os deuses de Asgard.

Ele é considerado um homem pacífico, que vive em uma casa feita de ouro e prata chamada Glitnir. Sua casa brilha tanto que pode ser vista a quilômetros de distância.

Na língua islandesa moderna, Forseti significa “presidente”.

Heimdall - O guardião de Bifrost

Heimdall

Heimdall é o guardião da ponte Bifröst, o arco-íris que liga a terra dos mortais à terra dos deuses. Heimdall também é filho de Odin, porém ele possui nove mães diferentes, que são irmãs entre si.

Ele é o responsável por alertar os deuses sobre os problemas iminentes, soprando seu chifre conhecido como Gjallarhorn. Seus sentidos são tão apurados que ele pode ouvir a grama crescendo no solo, e ver todo o caminho até os confins da Terra. Por causa disso, ele é o maior protetor dos deuses.

Hermodr - O mensageiro dos deuses

hermod

Hermod é o mais rápido dos deuses de Asgard, e por isso é considerado o Mensageiro dos Deuses. 

Hermod é o responsável por levar as almas dos mortos para o submundo, e quando seu irmão Balder foi assassinado, ele foi ao reino dos mortos implorar à Hel pela sua libertação. 

Outros deuses e criaturas nórdicas são:

Aegir - Deus nórdico do mar. Casou-se com Ran e vive sob as ondas perto da ilha de Hlesey.

Borr - Filho de Buri e pai de Odin, Vili e Ve.

Buri - Antepassado dos deuses nórdicos. Criado pela vaca Audmula que o lambeu do gelo.

Dia - Filho da Noite e Dellingr (aurora). É dito que ele anda ao redor da terra em seu cavalo Skinfaxi.

Einherjar - Grupo de guerreiros que esperam pelo Ragnarok em Valhalla. Valhalla seria o salão dos mortos, para onde vão os guerreiros que morreram de forma nobre em batalha. 

Eir - Deusa da cura.

Fjorgyn - Amante de Odin e mãe de Thor. Também referida como Terra.

Fulla - Serva da deusa Frigg.

Gangnrad - Pseudônimo de Odin quando ele visita Vafthrudnir.

Gefion - Deusa da fertilidade, e associada ao arado. 

Grimnir - Pseudônimo de Odin quando ele visita seu filho adotivo Geirrod, rei dos godos.

Gullveig - Uma deusa Vanir (provavelmente Freyja) que é queimada três vezes pelos Aesir.

Harbard - Odin disfarçado como um barqueiro, quando ele disputa com Thor.

Honir - Um deus indeciso e de pernas longas. Enviado para Vanir para selar a trégua entre eles e os Aesir.

Kvasir - O mais sábio. Criado a partir do saliva dos deuses.

Lua - Filho de Mundilfari. Ele guia a lua em seu percurso.

Mimir - Deus sábio Aesir. Enviado aos Vanir para selar a trégua entre os dois grupos de deuses nórdicos. Assassinado pelos Vanir, sua cabeça é mantida por Odin.

Modgud - Guardião da ponte sobre o rio Gjoll em Jotenheim.

Modi e Magni - Filhos de Thor e da giganta Jarnsaxa. Juntos, irão herdar o martelo de Thor depois de Ragnarok.

Nanna - Esposa de Balder e filha de Nep.

Narvi - Também conhecido como Nari. Filho de Loki e Sigyn que foi morto por seu irmão Vali.

Noite - Filha de Narvi e mãe do Dia. Ela passeia pela terra em seu cavalo Hrimfaxi.

Norns - São as três deusas do destino: Urd, o “destino", Skuld, o "ser" e Verandi, a "necessidade".

Od - Marido ausente de Freyja, pelo qual ela constantemente se lamenta.

Ran - Esposa de Aegir que arrastou homens que se afogavam com sua rede.

Rig - Pseudônimo de Heimdall e o criador das três raças de homens.

Saga - Deusa e companheira nas bebedeiras de Odin.

Sif - Esposa de Thor, cujo cabelo dourado foi cortado por Loki.

Sigyn - Esposa de Loki.

Sjofn - Deusa da paixão humana.

Skadi - Deusa do Inverno e da caça.

Sol - Filha de Mundilfari e guia do sol.

Syn - Deusa dos acusados em julgamento.

Thrud - Filha de Thor. Prometida ao anão Alvis.

Valquírias - Lindas mulheres que levavam os guerreiros mortos em batalha para Valhalla.

Var - Deusa dos juramentos de casamento.

Ve - Filho de Borr e irmão de Odin e Vili.

Vili - Filho de Borr e irmão de Odin e Ve.

Vor - Deusa que sabe tudo.

Como vocês puderam ver, essa mitologia tem uma grande quantidade de deuses e deusas, mas não só isso. A mitologia nórdica possui uma miríade de outros personagens e criaturas que povoam as histórias, incluindo gigantes, anões, monstros, animais mágicos e símbolos, que guiavam os povos vikings e sua cultura. 

Conheça agora também os principais deuses da mitologia egípcia, japonesa e grega.