Conheça a história de Zeus, o maior deus da mitologia grega


Quando falamos de mitologias antigas, poucos deuses tiveram tanta popularidade e adoração como Zeus. Zeus era o rei dos deuses gregos e governante do Monte Olimpo.

Ele era o deus do céu, do raio, do trovão, da lei, da ordem e da justiça. Foi primeiro adorado pelos gregos, depois pelos romanos (que se referiam a ele como Júpiter), e depois por outros povos de muitas partes do mundo.

Zeus: o maior deus da mitologia grega

Como rei dos deuses e ocupando o topo do trono dourado no Olimpo, Zeus foi reverenciado por todos.

Embora ele seja mais conhecido como deus do trovão, Zeus foi o deus mais importante dentre as crenças religiosas gregas, e ele possuía muitos títulos que enfatizavam diferentes aspectos de sua autoridade.

Junto com seu poder supremo, vieram uma série de papéis e responsabilidades. O poeta grego Hesíodo descreveu Zeus como um deus que "trouxe a paz no lugar da violência" e se referia a ele como o "senhor da justiça".

O templo de Zeus
Ruínas do antigo templo de Zeus, na Grécia

Como ele se tornou o deus dos deuses gregos

Zeus foi o último filho dos titãs Cronos e Réia, e se salvou de ser engolido por seu pai, que devorava seus filhos para que nenhum deles pudesse tomar seu lugar.

O deus do trovão foi criado longe do Olimpo, e quando cresceu ele enfrentou seu pai, obrigando-o a tomar uma bebida mágica e fazendo com que todos os seus irmãos que foram devorados voltassem a vida. Assim ele conheceu Deméter, Poseidon, Héstia e Hades. Sua outra irmã, Hera, também havia conseguido escapar de seu pai.

Cronos devorando seu filho
Cronos devorando um de seus filhos

Zeus também liberou os irmãos de Cronos, que foram presos por ele, e em troca, recebeu o raio que se tornou sua arma.

A guerra entre Zeus e seu pai durou dez anos, até que ele, junto com seus irmãos Poseidon e Hades, subiram ao Olimpo e destruíram Cronos.

Zeus compartilhou com seus irmãos Hades e Poseidon o domínio do mundo, e cada um se tornou um governante. Zeus tornou-se o rei do Olimpo, governante do céu e do ar, Hades se tornou governante do reino dos mortos e Poseidon tornou-se governante das águas.

Os poderes de Zeus

Além de controlar o tempo, e ser o deus dos raios e trovões, Zeus tinha diversos outros poderes. 

Os poderes de zeus
Zeus era o deus que controlava os raios

Ele tinha a capacidade de imitar as vozes das pessoas, assim como de alterar sua aparência, se transformando em animais ou em outras pessoas. Geralmente ele usava esses truques para conquistar belas mulheres.

Quando irritado, Zeus podia transformar pessoas em animais. Ele também lançava raios sobre a Terra, ou mandava chuvas para as plantações.

Seu cavalo era chamado Pegasus, e ele carregava os raios para Zeus. Ele também possuía uma águia, que foi ensinada a recuperar os raios depois que ele os jogava.

Aparência e personalidade de Zeus

Zeus é muitas vezes descrito como um homem imponente, com um corpo forte e cabelos longos e encaracolados. Ele geralmente tinha uma barba curta e carregava seu raio em todos os momentos.

De acordo com o poeta Hesíodo, Zeus era um deus despreocupado, que gostava de rir alto. Ele era considerado sábio, justo, misericordioso e prudente. Ele também era imprevisível - ninguém conseguia adivinhar as decisões que ele tomaria.

Porém, Zeus se irritada facilmente, o que poderia ser muito destrutivo. Segundo os mitos, ele já lançou raios e causou tempestades violentas, que causaram grandes estragos na Terra.

Mas ele não era severo apenas em seus castigos aos mortais, mas também à outros deuses e deusas. Por exemplo, quando Prometeu roubou o fogo e o entregou aos humanos, Zeus o puniu fazendo com que uma uma águia gigante comesse seu fígado eternamente.

As muitas mulheres e amantes de Zeus

Zeus não era um deus fiel à sua esposa Hera, e teve muitos filhos com diferentes mulheres. Sua relação infiel resultou em muitas criaturas heroicas e conhecidas da mitologia grega, como Hércules, Apolo, Hermes, Perseu, Minos, Artemis e Perséfone.

E Hera não foi a única mulher de Zeus. O deus do trovão se casou três vezes, e sua primeira esposa foi a deusa da prudência Métis, com quem teve a filha Atena. Têmis, a deusa da justiça, foi sua segunda esposa, e sua terceira mulher foi sua irmã Hera, a deusa do casamento. 

Para seduzir suas muitas amantes, ele metaformoseava sua imagem, sendo que suas formas mais conhecidas eram como o Cisne de Leda e o Touro da Europa.

O cisne de Leda
Zeus se transformava para conquistar belas damas

Os filhos de Zeus

Zeus teve muitos filhos, tanto com suas mulheres, com outras deusas, e com mortais que ele seduzia ou enganava. Entre seus filhos, muitos ficaram famosos e se tornaram importantes deuses ou grandes heróis entre os humanos. Veja abaixo a árvore genealógica desse deus.

Árvore genealógica de Zeus

Pai: CronosMãe: Réia

Filhos

Descendentes divinos

Semi-deuses e mortais

MãeFilhoMãe      Filho
Deméter

Perséfone

AlcmenaHércules (Héracles)
DioneAfroditeAntíopeÂnfion, Zeto
EurínomeGraçasCalistoArcas
HeraAres, Ilitia, Éris, Hebe, Hefesto, ÂngeloDanaePerseu
LetoApolo, ÁrtemisÉginaÉaco
SeleneErsa, PandiaElectra   

Dardano, Iásio, Harmonia

MaiaHermesEuropaMinos, Radamanto, Sarpedão
MétisAtenaIoEpafo
MnemosineAs 9 musasLaodâmiaSarpedão
Têmis

Astreia, Ninfas de Eridanos, Nêmesis,Horas

Leda     

Pólux, Castor, Helena de Troia

NiobeArgos, Pelasgo

Plota

Tântalo

Sêmele

Dioniso
TaigeteLacedémon