Poseidon: história e fatos sobre o deus do mar da mitologia grega


Poseidon é o deus dos mares, dos oceanos, das tempestades, dos lagos e dos cavalos de acordo com a mitologia grega. Um entre os doze deuses gregos olímpicos, ele é o filho dos titãs Cronos e Reia e a principal divindade adorada nas cidades de Pilos e Tebas.

Poseidon é usualmente representado com seu tridente e por vezes com golfinhos a sua volta. Na mitologia romana, o deus correspondente à Poseidon é Netuno.

A história de Poseidon

hipercultura-poseidon-01
Fan arte de Poseidon, o deus dos mares.

Existem diversas teorias sobre o significado do nome de Poseidon. Alguns estudiosos dizem que seu nome é formado através do grego antigo pelos elementos posis, que significa mestre e dâwon, que significaria água. Portanto, Poseidon é desde seu nome, o “senhor da água”.

O pai de Poseidon, Cronos, estava destinado a um trágico fim: assim como tinha derrotado seu pai, ele também seria derrotado por seus filhos. Sabendo disso, Cronos tomou a decisão de engolir todos os filhos que nasciam. Zeus, no entanto, foi escondido na ilha de Creta por sua mãe, Reia, e conseguiu eventualmente derrotar o pai e salvar os irmãos, incluindo Poseidon.

Após a derrota de Cronos, três de seus filhos decidiram qual parte do mundo iriam comandar. Zeus ficou responsável pelo céu, Hades pelo submundo e Poseidon se tornou o deus do mares.

hipercultura-poseidon-04
A Acrópole de Atenas, cidade que chegou a ser disputada pelo deus Poseidon

A região da Ática na Grécia foi primeiro comandada pelo rei Cécrope, que era metade humano e metade serpente. O lugar era rodeado por mares e, portanto, o culto à Poseidon era forte entre os habitantes. O deus dos mares tinha o desejo de uma cidade devota a ele. Poseidon prometeu aos cidadãos a força dos oceanos.

A deusa Atena também tinha o desejo de ter Ática devota a sua divindade. Atena criou uma oliveira e prometeu sabedoria à cidade. Os homens, que viviam grande parte do tempo nos mares, escolheram Poseidon como deus da cidade. Contudo, as mulheres, em maior quantidade, escolheram Atena. A decisão teve que ser interferida por Zeus, que levou a situação para ser decidida pelos deuses do Olimpo.

hipercultura-poseidon-02
O casamento de Poseidon e Anfitrite (1802-1805). Obra realizada pelo pintor italiano Felice Giani.

Atena foi escolhida como deusa da região e um templo em sua homenagem foi erguido no topo da Acrópole na cidade até hoje conhecida como Atenas. Poseidon ainda estava irritado com a decisão e, para equilibrar a situação, as mulheres de Atenas foram punidas com a supressão de seu direito de voto.

Outro fato importante que você precisa saber sobre Poseidon é que ele teve incontáveis relacionamentos e descendentes, mas se casou oficialmente com Anfitrite, que ficou conhecida como a deusa dos mares. Em algumas histórias é contado que, em princípio, Anfitrite recusou se casar com Poseidon, mas eventualmente foi persuadida pelos golfinhos do deus.

Na mitologia grega, é também destacado que Navegantes rezavam para Poseidon pedindo por uma boa viagem e mares calmos. Muitas vezes, eles sacrificavam cavalos atirando-os no mar como oferenda. Se ignorado ou contrariado, Poseidon poderia utilizar o seu tridente para o caos, terremotos e derrubar barcos.

Origem do tridente de Poseidon

hipercultura-poseidon-03

É quase impossível não associar a imagem de Poseidon com seu icônico tridente. De acordo com a mitologia, durante a Guerra dos Titãs, o irmão de Poseidon, Zeus, libertou os ciclopes do submundo conhecido como Tártaro. Em troca, estes seres forjaram as armas que seriam utilizadas pelos poderosos deuses. Foi assim que Poseidon recebeu seu famoso tridente.

Conheça mais sobre a história de Zeus

Sumário de poderes de Poseidon

Poseidon é um dos deuses mais poderosos e fortes do Olimpo, abaixo apenas de seu irmão, Zeus. Na mitologia, ele é capaz de atirar montanhas nos inimigos em batalhas e fazer a submersão de ilhas inteiras.

Ele tinha controle total de todas as criaturas aquáticas e a habilidade de criar tempestades, terremotos, inundações, se teletransportar e mudar de formas. A única vez que perdeu seus poderes foi por restrição de seu irmão, Zeus. Abaixo você pode conhecer vários poderes de Poseidon:

hipercultura-poseidon-infografico-poderes

Os filhos de Poseidon

O número de filhos de Poseidon na mitologia grega é incerto, mas ao menos 100 são associados como descendentes deste poderoso deus.

Nem todos os filhos de Poseidon tinham a forma humana. Seu relacionamento com a deusa Anfitrite (sua esposa oficial) gerou Tritão, que possuía o torso e cabeça humana e a parte inferior de peixe, basicamente um enorme sereio. Com Medusa, ele gerou Pégaso, o famoso cavalo branco alado; e com a deusa Deméter, teve o cavalo imortal que possuía o dom da fala, Árion.

Abaixo listamos alguns dos mais conhecidos filhos de Poseidon dentro da mitologia grega:

hipercultura-poseidon-tabela-filhos

Deus grego pop: tatuagens em homenagem a Poseidon

Poseidon ainda é venerado por muitas pessoas na cultura popular. Diversos jogos, em especial os de RPG, utilizam o deus como personagem forte para criar histórias.

O jogo para computador e videogames, Assassin’s Creed: Odyssey, tem uma parte em que a história do deus dos mares é importante para o jogador avançar.

Por suas diversas representações, Poseidon ainda é venerado ao redor do mundo e é comum vermos tatuagens em sua homenagem. Abaixo separamos as mais impressionantes tatuagens em homenagem ao deus dos mares.

hipercultura-poseidon-tattoo01
Foto de @anthriller_montana
hipercultura-poseidon-tattoo02
Foto de @claytattoos
hipercultura-poseidon-tattoo03
Foto de @tattoo.motive

Gostou deste conteúdo? Leia também